sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012 14:58h Cristiane Fernandes

Animais atingidos pelas enchentes vão receber ajuda

A Sociedade Municipal de Proteção ao Animal vai alimentar e vacinar os animais das cidades atingidas pelas enchentes

Com o período chuvoso, várias pessoas foram surpreendidas com as chuvas e tiveram as casas invadidas pela água das enchentes, muitos moradores, principalmente do estado de Minas Gerais, perderam roupas, alimentos, documentos e móveis. Passado o período de chuvas, os moradores retornaram para as casas e receberam ajuda do governo federal para começar a retornar a rotina, mas não foram somente os homens que sofreram com as enchentes, os animais, também foram afetados quando os rios transbordaram. Vários deles foram arrastados pelas enchentes, muitos estão machucados e alguns animais de estimação das casas atingidas, estão sem ração para poder se alimentar.
Para tentar ajudar os animais, desde 2010, a Sociedade Municipal de Proteção Animal, WSPA, se sensibiliza com a situação crítica dos animais após as enchentes e depois do rio voltar ao nível normal, eles visitam as cidades afetadas e proporcionam aos animais, carinho, alimentação e vacinação “começamos nosso trabalho em 2010 com as enchentes das cidades de Pernambuco. Conseguimos ajuda das ONGs das cidades e distribuímos ração e vacina” informou Rosângela Ribeiro, gerente de Programas Veterinários da WSPA Brasil.
Este ano, o estado de Minas Gerais foi muito afetado pelas chuvas, por isso, dois especialistas em desastres da Costa Rica visitaram 24 municípios do estado e detectaram a real situação dos animais de pequeno e grande porte e resolveram ajudá-los. Em 2010, as chuvas castigaram as cidades do estado do Rio de Janeiro e durante seis meses, segundo a gerente dos programas veterinários, eles conseguiram, através de doações, distribuírem 14 toneladas de ração, em cinco municípios, vacinar alguns cães e gatos de estimação e esterilizar 120 animais, da área de risco.
Este ano, além de outros estados, Minas Gerais já está recebendo, desde ontem, a ajuda da WSPA. Os funcionários e voluntários vão ficar no estado até o dia 05 de fevereiro para atender os 6 mil animais dos municípios de  Guidoval, Dona Euzébia, Além Paraíba, Guiricema,  Divinópolis, Mário Campos, Congonhas, Juatuba, Itabirito, Barbacena “essa já é a nossa terceira ação e a previsão é terminá-la no dia 05 de Fevereiro” ressaltou Rosangela.
A cidade de Divinópolis vai receber a visita dos funcionários e voluntários da WSPA na próxima semana e a intenção é distribuir alimentos para os animais de estimação “vamos visitar Divinópolis na segunda etapa da campanha, está agendado para a próxima semana e junto com os profissionais, vamos enviar alimentos e vacinas doados” frisou a gerente. As vacinas só serão aplicadas em casos específicos e o foco, da vacinação, será os filhotes.

Equipe

Ao todo 15 pessoas abraçaram a causa e ajudam a WSPA a realizar este trabalho, em Divinópolis, na próxima semana, de acordo com informações de Ribeiro, grupos com um veterinário e 4 voluntários serão encaminhados para as regiões atingidas. A WSPA além dos funcionários ainda conta com a ajuda de algumas ONGS “além do pessoal que trabalha diretamente conosco, recebemos a ajuda de ONGS. Em Divinópolis ainda não fomos informados sobre alguma ONG que esteja com um trabalho parecido com o nosso” reforçou a gerente.
Durante o trabalho, médicos veterinários e voluntários vão alimentar os animais abandonados, orientar a comunidade sobre os cuidados veterinários necessários, vão realizar atendimentos médicos aos animais em situações de emergência, distribuir medicamentos e materiais educativos para prevenção de riscos envolvendo animais domésticos.
 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.