quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2016 11:05h

Após reformar 14 escolas, mais seis passarão por reparos

A Prefeitura de Divinópolis reformará em dois anos 20 unidades escolares, das 53 existentes no município. No ano passado, 14 unidades escolares passaram por algum tipo de reparo como troca de telhado, melhoria nos banheiros e adaptações para acessibilida

Neste ano, de acordo com o relatório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), outras seis escolas passarão por reforma.

A Escola Maria Professora Maria de Lourdes Teixeira recebeu obras de acessibilidade no final do ano passado. Foi construída uma rampa na unidade escolar localizada no bairro Dona Rosa. Já a Escola Municipal Professor Bahia do bairro Nova Holanda dois espaços foram reformados: banheiros e cozinha.

Outra escola com novos banheiros foi a Escola Municipal Antonieta Fonseca no Quita das Palmeiras. Além dos sanitários, foram substituídos vidros na unidade escolar.

Já a Escola Municipal Otávio Olímpio no Tietê ganhou um novo telhado e no Centro Municipal de Educação Infantil Maria Conceição Fernandes no bairro Nações foi ampliada a biblioteca. Na Escola Municipal São Geraldo no Centro foi realizada a cobertura da área de lazer com apoio da comunidade escolar e a Escola Municipal José Carlos Pereira ganhou pintura.

 

 

2016

Neste ano, outras seis escolas receberão alguma benfeitoria. As unidades do São José, Professor Paulo Freire e Professor Darcy Ribeiro farão adequações nos muros da escola. Na São Geraldo o piso da quadra será reformado e grades para as janelas serão instaladas na Antônia Fonseca.

Na Escola Professora Hermínia Corgozinho está programada reforma dos banheiros.

“As reformas garantem dignidade e respeito aos nossos alunos. Estamos atendendo as demandas prioritárias para deixar a escola adequada para nossos estudantes”, afirmou a secretaria Municipal de Educação, Rosemary Lasmar.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.