segunda-feira, 14 de Janeiro de 2013 08:11h Mariana Gonçalves

Após tumulto SEMED prorroga data de inscrição para processo simplificado

As inscrições tiveram início na terça-feira (8) e segundo a Secretaria Municipal de Educação de Divinópolis, o prazo final que seria até ontem foi prorrogado para a próxima segunda-feira (14).

A Secretaria Municipal de Educação, SEMED, decidiu prorrogar as inscrições para o processo Seletivo Simplificado. Após o tumulto gerado na última quinta-feira (10), a secretaria anunciou que os professores que ainda não fizeram sua inscrição, têm até a próxima segunda-feira (14) para efetivarem o processo. É importante que os candidatos prestem atenção às mudanças no edital que está disponível no portal online da Prefeitura Municipal. De acordo com a secretária de Educação, Eliana Cançado “ os interessados devem observar a partir de agora as demais mudanças de datas no edital. Em função da prorrogação anunciada”, afirma.
Ainda segundo a secretária, é importante que os candidatos que almejam a vaga de professor temporário, fiquem atentos ao que diz o edital, principalmente com relação aos documentos exigidos para a classificação. Que aliás, foi o motivo pelo qual a secretaria optou não fazer o processo seletivo online  “A nossa intenção foi facilitar para o pretendente. No momento da inscrição, é feita a conferência dos documentos e isto ajuda a diminuir a possibilidade de uma possível desclassificação. Já que nos anos anteriores a inscrição com o formulário online não deu certo, porque ela é feita à nível estadual, o que dificulta as correções. Então se a pessoa erra, ela é eliminada e pronto”explica Eliana. 
As contratações temporárias são para cobrir várias situações, como por exemplo, a substituição por licença maternidade, licença médica, férias prêmios e afastamentos.
Nos dois primeiros dias de inscrição foram atendidas cerca de 800 pessoas em busca de uma vaga no serviço público. Vale lembrar que a classificação será feita de acordo com todos os critérios mostrados no edital. Não haverá teste classificatório, o que irá ser decisivo na escolha do participante será  o grau de capacitação. Quem ainda estiver cursando o ensino superior não poderá fazer a inscrição. Então, o que pode possibilitar a classificação será o fato do candidato ter pós, mestrado ou doutorado. Caso ocorra empate e ninguém tiver nenhuma dessas especializações serão levados em conta aspectos como o tempo de trabalho e outros critérios de avaliação.
Para o processo seletivo deste ano, algumas mudanças também foram adotadas. A começar pelo laudo médico, que até o ano passado era exigido no ato da inscrição, para esse ano o laudo só será requisitado caso o participante seja selecionado para ocupar a vaga.

HORÁRIO DE TRABALHO

A jornada de trabalho dos contratados como professor em atuação na educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental será de 23hs. semanais.
Já a jornada de trabalho do professor contratado para Ciências Humanas, Ciências Exatas, Ciências Biológicas, Linguística e Letras, Inglês e Educação Física. Terá como parâmetro o mínimo de 4h/atividades semanais, o que estabelece a lei para acúmulo de cargos.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.