quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012 09:19h Mariana Gonçalves

Artista plástica expõe presépio com elementos artesanais

A exposição da artista plástica divinopolitana Marli Rodrigues está no espaço cultural do Depósito Ideal, onde permanecerá ate o dia 6 de janeiro.

Desde o início do mês está em exposição no espaço cultural do Depósito Ideal, o presépio artesanal idealizado pela artista plástica divinopolitana Marli Rodrigues. O projeto além de ser uma homenagem ao Natal, é uma homenagem a artistas da cidade que trabalham a arte sacra e o  também artista plástico, Petrônio Bax. A exposição ficará à mostra no espaço cultural até o dia 6 de janeiro, é válido ressaltar que a exposição é aberta gratuitamente a população, em horário comercial. 
Conforme a idealizadora do presépio, esse é um mês muito significativo para todos. O presépio  está  dividido em Terra e Mar. “Porque de um lado eu redesenhei o quadro de Petrônio Bax, sempre na suas pinturas ele retratava o mar, até a Nossa Senhora dele é em forma de peixe, então é um trabalho todo idealizado com o mar. Já a parte que retrata a terra,  no presépio, colocamos  as cabaças, a porciúncula onde eu retrato São Francisco de Assis e o mundo dele com a natureza, sendo assim coloquei os bonzais, cactus , gramas e os bichos acompanhando o santo. Porque ele foi o idealizador do primeiro presépio de Natal com figuras humanas, então fiz essa homenagem”explica Rodrigues.
Ainda de acordo com Marli, a cada mês uma homenagem a artistas da cidade ou até mesmo artistas nacionais é realizada por ela. Já para o ano que vem a artista já se programou para apresentar suas próximas exposições, começando em fevereiro com a presença da artista plástica Carol Canto, e para os próximos meses  Marli diz ser surpresa, mas promete que as pessoas que acompanharem as exposições não irão se arrepender.
Exposições como essas que contam as obras de personagens relevantes na história mundial e também municipal são de extrema importância para a cidade, já que os materiais usados na exposição da artista plástica trazem elementos culturais da terra. Sendo assim, mesmo que indiretamente essas amostras agregam ainda mais valor à cidade.
Em entrevista a Gazeta, Marli conta que já está com um ano de exposições no espaço cultural do depósito. E segundo a artista, os resultados de tantos esforços é o que compensa todo esse trabalho. “A cultura enriquece e humaniza as pessoas, então ela tem que fazer parte do dia a dia delas. E eu vejo esse resultado. Porque eu insisto muito com as pessoas,  eu não faço e fico sentada esperando que a pessoa descubra o meu trabalho. Então eu me sinto muito feliz, mesmo sem patrocínio. Porque as pessoas elogiam muito, e é isso que me traz alegrias. Esse presépio é todo natural, retratando a simplicidade que tem mesmo o natal”afirma.
Junto à exposição, a artista colocou uma frase que também faz parte da homenagem a Petrônio Bax, a  qual diz que “é sempre Natal quando somos humanos. E olhamos o outro com igualdade”.
A exposição procura mostrar em detalhes a simplicidade do período natalino, e o que ele deve representar para os seres humanos. Na elaboração das cenas, Rodrigues salienta que convidou
Odorio Carneiro para que fizesse junto a ela a montagem do o presépio. “Com o seu trabalho em argila e com as cabaças então eu o convidei para me ajudar nessa exposição. Eu quero convidar as pessoas para irem ao Depósito Ideal. Para que possam conhecer um pouco da história do presépio e da obra do Petrônio Bax”diz.
Além da exposição a artista plástica, também trabalha com a confecção de cartões artesanais para datas especiais. Como dezembro as datas marcantes são o Natal e o réveillon, a artista divinopolitana  idealizou cartões especiais para estas datas, que podem ser adquiridos na papelaria Fortil, no centro da cidade.  

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.