sábado, 20 de Setembro de 2014 06:09h Lorena Silva

Atividades do Festival Primavera Independente continuam em Divinópolis

Ocorre em Divinópolis desde o dia 7 de setembro a segunda edição do Festival Primavera Independente.

O evento, que vai ser realizado durante três semanas na cidade e termina no dia 30, tem como objetivo reunir diferentes manifestações artísticas e estimular o cenário cultural da cidade. Doze espaços de Divinópolis deverão ser ocupados durante toda a programação, composta por diversas atividades, como apresentações musicais, oficinas, lançamentos de livros e exposições.
Para um dos integrantes do coletivo Usina de Rima, Bernardo Passos, o Festival é uma ótima oportunidade para unir os artistas, tanto do município, como de cidades próximas. “[Com essa junção] um evento vai divulgando o outro. Todo mundo se conhece e precisava disso. Precisa reunir assim, para não ficar cada um em um local. A ideia é juntar todo mundo e manter isso. E isso não pode parar, porque quem faz a cultura para nós somos nós mesmos”, pontua.

 

 

 

USINA DE RIMA
Já consolidado no município e em sua quinta edição, o evento Usina de Rima também ocorre dentro da programação do Primavera Independente. Neste sábado, a partir das 16h, mais uma vez o espaço ao lado do Teatro Gravatá servirá de palco para manifestações ligadas ao hip hop.
Além da Batalha de MC’s, caracterizada como a principal atividade do evento, outras expressões artísticas estão previstas para esta edição, como a apresentação dos artistas MC Venom, de Oliveira, Skip, de São Paulo, e do grupo de dança B-boys, de Divinópolis.
O evento conta ainda com oficina de Stencil, com o grupo 4 Wall, varal de poesias com letras de Rap e um espaço de Troca de Ideias, onde será discutido o tema “Mobilidade Urbana – Cidade para as pessoas: proteção e prioridade aos pedestres e ciclistas”. A conversa será uma forma de marcar a Semana Nacional do Trânsito.

 

 

 

FOMENTO DA CULTURA
Em setembro do ano passado foi realizada a primeira edição do Primavera Independente, em um período em que a cidade passava por manifestações de cunho político e artístico que ocorreram nos meses de junho e julho.
Desse modo, a iniciativa surgiu com o objetivo de unir diversos grupos, coletivos e associações – como, por exemplo, Coletivo Pulso, Rap de Rua, Usina de Rima e Ponto de Cultura de Divinópolis – cuja meta era unir as diferentes manifestações e fomentar a produção de cultura em locais privados ou espaços públicos da cidade.

 

 

 

 

 

 

Confira a programação do Primavera Independente deste final de semana:
19 de setembro – sexta-feira – 19h
Local: Bar do Mendola – Rua Lavras, 491 (esquina com a Rua N. S. das Graças), bairro Dom Pedro II
Apresentação musical – Anderson Kabessa
FlashMob – Rap de Rua
Discotecagem – VVAR Records (Vamos Voltar a Realidade)

 

 

 

20 de setembro – sábado – 16h
Local: Ocupa Usina (ao lado do Teatro Gravatá)
Batalha da Usina
Oficina de Stencil – Grupo 4 Wall
Varal de Poesias com letras de Rap
III Troca de Ideias – Mobilidade Urbana – “Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade aos Pedestres (e Ciclistas)”

 

 

 

 

21 de setembro – domingo – Rua do Rock versão Rock Machine – 17h
Local: Rua Pitangui
Apresentações musicais
- CM3 (Divinópolis)
- Cacau de Bruxelas (Divinópolis)
- Green Scream (Divinópolis)
- 99% Rock (Divinópolis)
Encontro Divino de Circo
Exposição – Varal com letras de Rap
Kombolo – Barkaça
Intervenção Circense – Palhaço Fidirico e Picadeiro Ambulante (Belo Horizonte)
Discotecagem – Sub Pop Records

 

 

Crédito: Divulgação

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.