sexta-feira, 5 de Agosto de 2016 13:23h Pollyanna Martins

Atleta divinopolitano está prestes a completar a segunda Super Série Randonneurs

Daniel Maia participou das corridas de ciclismo de longa distância de 200 km, 300 km e 600 km duas vezes e uma vez da corrida de 400 km. No final deste mês, o ciclista participará de mais uma corrida de 400 km para fechar as duas séries

POR POLLYANNA MARTINS

pollyanna.martins@gazetaoeste.com.br

 

O servidor público, Daniel Maia, será o primeiro divinopolitano a completar duas séries Super Randonneurs. A série são provas Audax de ciclismo de longa distância, onde os competidores disputam corridas de 200 km, 300 km, 400 km e 600 km. Daniel já participou duas vezes das corridas de 200 km, 300 km, 400 km e 600 km e se classificou em todas as disputas. Para completar as duas séries, o servidor público irá participar, no dia 27 de agosto, da corrida Audax de 400 km, em Divinópolis.

A prova tem origem francesa e em cada corrida há um tempo estabelecido para terminar. Nas corridas de 200 km, o ciclista tem 13,5 horas para terminar, nas de 300 km, o tempo é de 20 horas, nas provas de 400 km, o competidor tem 27 horas, e nas de 600 km, ele tem 40 horas para concluir. O servidor público conta que a paixão por bicicleta começou na infância, e se tornou um hobby em 1999, quando ele cursava economia na Universidade Federal de Viçosa. “Na época, eu participava da equipe de ciclismo da faculdade e virou uma paixão”, frisa. Apesar de disputar as corridas e já ter completado uma série Audax, Daniel lamenta não ser profissional, pois não há incentivos no esporte. O servidor público relata que começou a disputar as primeiras corridas de 200 km no ano passado, em Belo Horizonte e Divinópolis. “Eu disputei a primeira corrida em abril do ano passado, em Belo Horizonte, e a segunda em agosto, aqui em Divinópolis, inclusive, nesta prova, eu fui o primeiro atleta a concluir”, narra.

Após competir e ganhar as duas provas de 200 km, o servidor público continuou a disputar as provas, e participou em janeiro deste ano da prova de 300 km, em São Sebastião, no litoral de São Paulo, e a segunda prova de 300 km em Belo Horizonte. A prova de 400 km foi disputada em Mogi das Cruzes, e a de 600 km em Bertioga, também em São Paulo. “Com essas provas, eu fechei uma Super Série. Depois eu participei de uma corrida de 200 km em Congonhas, outra de 300 km em Itabira, e fiz outras de 600 km em Holambra, no último dia 30 e só falta uma corrida de 400 km para fechar duas séries”, detalha. Conforme Daniel, o ciclismo de longa distância é novo em Minas Gerais. A modalidade, que chegou ao estado apenas este ano, existe em São Paulo desde 2004. De acordo com o atleta, o ciclismo de longa distância está crescendo em Minas Gerais e, para participar, é necessário ter um bom preparo físico. “Para ficar bom tem que pedalar e rodar longe. Em um raio de 80 km da região, eu já fui a todas as cidades, e também em Uberlândia e São João Del Rei de bicicleta”, detalha.

 

INSCRIÇÕES

 

As inscrições para os Brevets Randonneurs Mondiaux 400 km e 200 km de Divinópolis e o Desafio 85 já estão abertas, e podem ser feitas no site inconfidentespedalantes.com.br. Conforme Daniel, os iniciantes podem participar da corrida de 200 km ou o Desafio 85. O atleta ressalta que, para participar da corrida, os competidores devem ter os equipamentos de segurança e muita disposição. “A gente recebe uma caderneta no início, que é chamada de passaporte, e nós temos que passar nos postos de controle para carimbá-lo e comprovar que cumprimos o percurso estabelecido. No final, este passaporte deve estar todo carimbado pela organização”, explica.
Com o pouco incentivo que recebe na modalidade, Daniel deixa um agradecimento aos parceiros que o ajudaram na prova dos 600 km. “Eu quero agradecer muito ao pessoal da Meirelles Bike, da Dnanimal Suplementos esportivos, da Monster Informática, da RB empreendimentos esportivos, e a minha preparação física, que fica por conta do Marcelo Daldegan, eles que me ajudaram nesta última prova”, agradece.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.