sábado, 15 de Novembro de 2014 04:03h Atualizado em 15 de Novembro de 2014 às 04:06h. Lorena Silva

Atores encenam “Sítio do Pica Pau Amarelo” amanhã no Teatro Gravatá

Peça faz parte do Festival de Teatro 2014, promovido pelo Neac

Quem sempre gostou das histórias do autor Monteiro Lobato envolvendo os personagens Emília, Narizinho, Dona Benta e Visconde, não deve deixar de assistir amanhã “Sítio do Pica Pau Amarelo”, um dos espetáculos que faz parte do Festival de Teatro 2014 da Escola Livre de Teatro do Neac. A apresentação ocorre em duas sessões, uma às 16h e outra às 19h30, no Teatro Municipal Usina Gravatá.
O diretor responsável pela Escola, Markus Marques, explica que esse é um espetáculo que ele tem feito muita questão de divulgar, primeiro por ser algo tradicional e também porque muitas pessoas gostam de Monteiro Lobato. Além disso, por ter sido adaptado por um dos atores da escola, o autor Diego Fernandes.
“Foi o primeiro texto que ele escreveu e foi de uma genialidade incrível, porque ele pegou os personagens do Sítio, mas não pegou um determinado episódio. Ele pegou os personagens e criou uma história dele próprio. Criou novos personagens para o Sítio, novas tramas, o que ficou muito bacana”, conta Markus.
Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos antecipadamente na Boutique do Livro pelo valor de R$ 5 ou por R$ 10 na bilheteria, no dia da apresentação.

 

OUTROS ESPETÁCULOS
Na segunda-feira será apresentado o espetáculo “O Gorpe das Armas”, uma peça caipira que alude a “O Golpe das Almas” e retrata um cemitério utilizado para assustar as pessoas. Já o espetáculo “Almas Enclausuradas”, que seria apresentado no dia 18, precisou ser adiado para o dia 22 de dezembro devido a um problema com a agenda do Teatro Gravatá.
“A gente pede que as pessoas que não puderem comparecer no dia 22 e que já tenham comprado o ingresso nos procurem para que a gente devolva o valor. Ou, as pessoas que puderem estar no dia 22 verão que a gente colocou mais surpresas no espetáculo”, destaca o diretor.

 

APRESENTAÇÕES
As apresentações do Festival de Teatro 2014 começaram no último dia 8 com a peça “Quatro”, baseado no poema “Quadrilha”, de Carlos Drummond de Andrade. No domingo, o espetáculo apresentado – e encenado por crianças – foi “Grease – Nos tempos da brilhantina”. No mesmo dia também foi encenada a peça “Perdoa-me por me traíres”, de Nelson Rodrigues.
“Um dos segredos que estávamos segurando para mostrar para o pessoal na hora é que a gente fez uma trilha sonora toda com violoncelo e violino, ao vivo. E foi todo feito com improviso, não quisemos música com partituras”, conta Markus.
Já no dia 10, foi apresentada a comédia “As cinco virgens”, que conta a história de cinco mulheres do interior que aparecem grávidas e ninguém sabe quem são os pais. “Todos os espetáculos a gente está tendo plateia lotada, que sai de lá emocionada, com a sensação de que valeu a pena sair de casa para ir lá”, avalia o diretor.

 

 

Crédito da foto: Divulgação

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.