sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2015 12:15h

Atriz do Fazendo Arte é aprovada na UFBA

Luísa Costa Domingos foi recebida com festa pelos colegas de oficinas do projeto

A atriz e aluna do Fazendo Arte Luísa Costas Domingos vai cursar Artes Cênicas na Universidade Federal da Bahia (UFBA) neste ano depois disputar vagas com estudantes de várias regiões do Brasil. Depois de passar na primeira fase no final de janeiro, a jovem de 18 anos foi aprovada na segunda etapa no começo de fevereiro. A atriz agradeceu as técnicas aprendidas no Fazendo Arte e foi recebida com festa pela equipe e colegas na oficina de Teatro Musical.

 

Luísa Costa Domingos foi aprovada em uma das mais respeitadas universidades do Brasil na área artística. Para ser selecionada, Luísa precisou interromper as aulas do projeto para se dedicar os estudos durante 2014 e foi selecionada em janeiro desde ano para a segunda fase. No começo de fevereiro, na UFB, Luíza Costa ficou cinco dias, em Salvador, realizando provas escritas e práticas. Na segunda feira, foi divulgado o resultado, a estudante foi aprovada e ficou na terceira colocação.

 

A atriz foi recebida com festa pela equipe do Fazendo Arte nesta quarta-feira (12/02). Jovens da oficina de Teatro Musical percorreram com Luísa Costa ruas da área central em direção a Praça do Santuário e fizeram uma homenagem para a jovem universitária.

 

“Não esperava uma recepção e estou emocionada. Estou empolgada porque será uma experiência nova e estou disposta a descobrir. Antes de ir para a segunda fase, recebi orientações da Lenir de Castro, Coordenadora do Projeto e da Lene Pereira, diretora Artística, e senti que tinha apoio para conquistar a vaga. Foi importante essa orientação para passar confiança porque todas técnicas que aprendi tive que mostrar na segunda fase”, destacou.

 

Para a coordenadora, Lenir de Castro, o projeto trabalha de forma séria e responsável e o resultado aparece. “Ficamos e felizes e orgulhosos em saber que o projeto Fazendo Arte promove a vida das pessoas. Especificamente temos o caso da Luíza que está no projeto há 10 anos, entrou muito tímida e se desenvolveu de forma esplendorosa. Ela foi aprendendo como aluna de teatro as técnicas da área de forma séria e responsável. A Luiza sempre se destacou e escolheu a arte para fazer parte de sua visa. É gratificante saber que ela passou em uma das melhores universidades de Artes Cênicas do Brasil. É mérito da Luiza ter passado na federal, mas uma grande parte o Fazendo Arte contribuiu”, afirmou Lenir de Castro.

 

A diretora Artística, Lene Pereira, sempre acreditou no futuro da jovem na área artística. “Acredito que realmente estamos no caminho certo. De fato alcançando os objetivos do projeto criando novas perspectivas de vida nos alunos. E eu sei que o teatro fez uma grande diferença na vida da Luísa e que a oficina foi fundamental para a sua escolha profissional. Quando ela entrou no projeto era uma criança tímida, assustada e que foi se transformando durante o processo. Sua paixão pelo teatro e sua disciplina me encantava. Eu sabia que a Luísa não iria pra outro caminho que não fosse as Artes Cênicas. Isto mostra que o projeto tem um trabalho sério, com professores comprometidos com a Arte e com as pessoas que estão formando”, destacou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.