sábado, 21 de Março de 2015 03:54h Jotha Lee

Azul mantém data para iniciar voos de Divinópolis para Campinas

Causou discussões ontem nas redes sociais a informação de que a Azul Companhias Aéreas vai suspender voos do interior de Minas para Belo Horizonte

A companhia, que vai operar a ligação comercial entre Divinópolis e Campinas, vai suspender a partir do dia 11 de maio ligações entre o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, e as cidades de Governador Valadares, Ipatinga, Montes Claros e Uberlândia.
A companhia já cancelou a ligação entre a capital e Patos de Minas, entretanto, essa decisão deverá ser revertida, já que houve interferência do Ministério Público Federal. Em reunião realizada no início da semana para debater o cancelamento, o representante da empresa Azul Linhas Aéreas afirmou que a suspensão deveu-se a inadequações do aeroporto da cidade.
Segundo Ronaldo da Silva Veras, gerente de relações institucionais da Azul, o aeroporto de Patos de Minas não possui as condições exigidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para operações com a aeronave ATR-72, a mesma que será utilizada na ligação entre Divinópolis e Campinas. Ele reconheceu que existe demanda suficiente para viabilizar economicamente a retomada da ligação direta BH-Patos, mas que a questão operacional impediria a homologação do voo pela ANAC.
O prefeito de Patos de Minas, Pedro Lucas Rodrigues, comprometeu-se então a solucionar em até 60 dias todas as demandas atualmente existente, entre elas instalação de sistema de brigada de incêndio e de um aparelho de Raio X. A Azul se comprometeu a retomar os voos após as adequações do aeroporto daquela cidade serem concluídas.

DIVINÓPOLIS
Ontem a assessoria de Imprensa da Azul informou ao Gazeta do Oeste que não houve nenhuma alteração nos voos comerciais operados pela companhia, ligando cidades do interior de Minas a Campinas. De acordo com a assessoria, a ligação entre Divinópolis e a cidade do interior paulista está assegurada e continua mantida a data de 4 de maio para início das operações, conforme reportagem publicada há 15 dias.
Divinópolis encontra-se na mesma situação de Patos de Minas. A brigada de combate a incêndio ainda não está disponível, embora o secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo César dos Santos tenha informado que o veículo para esse fim estaria em Divinópolis já na semana passada. O aparelho Raio X (detector de metais) também ainda não foi instalado. “Está mantida a data de 4 de maio para início dos voos ente Divinópolis e Campinas e estamos aguardando a liberação da ANAC. Isso ainda não aconteceu porque o aeroporto da cidade ainda não está totalmente adequado de acordo exigências da Agência. Os voos somente não serão iniciados nessa data se até lá não houver a liberação do aeroporto”, disse a assessoria de imprensa da Azul Linhas Aéreas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.