sábado, 7 de Fevereiro de 2015 06:41h Atualizado em 7 de Fevereiro de 2015 às 06:45h. Lorena Silva

Bairro Eldorado fica praticamente intransitável após chuvas

Ônibus deixaram de transitar por algumas vias após chuva da última quarta-feira

É só chover para que os moradores do bairro Eldorado, em Divinópolis, sofram com a falta de infraestrutura do bairro. Após a forte chuva registrada na última quarta-feira, os ônibus que fazem o serviço de transporte coletivo no local deixaram de transitar em algumas ruas porque, com a falta de pavimentação, a poeira deu lugar ao barro e às crateras que se formaram – o que dificultou a saída de casa de muitos moradores.
O aposentado Antônio Emídio de Melo conta que na quarta-feira, pouco depois de ter começado a chuva, um ônibus atolou tentando subir a Rua Onze, que é a principal do bairro. “Teve que voltar de ré. E aqui é barro puro, então não tem como o ônibus descer aqui não. O povo teve que subir a rua toda a pé e tomar o ônibus na esquina”, relata.
Segundo o aposentado, ontem os ônibus continuavam não passando por algumas vias do local e quem usa o transporte coletivo precisou pegá-lo depois da entrada do bairro, onde não há tanto barro. Antônio diz que há sete anos mora no local e vê a situação se repetir sempre nessa época do ano.
Ele explica que no ano passado uma empresa que funciona próximo ao bairro liberou dois caminhões de britas para serem jogados nas ruas e ajudar no trânsito dos veículos. “No ano passado, teve que trazer até escória [de siderurgia] e colocar nesse pedaço, porque o ônibus agarrou e precisou até de uma máquina para conseguir tirá-lo. Então não tem jeito mesmo. Eles têm que arrumar isso aqui”, reclama.
De acordo com Antônio, a pavimentação do bairro é uma reivindicação antiga dos moradores, que já tentaram diálogo com a Prefeitura por diversas vezes. “A Prefeitura alega que não pode fazer o calçamento de pedra por não ter projeto. O único projeto é o da outra entrada [do bairro], mas tem que abrir a rua direito. Do outro lado tem pedaços também que não descem [veículos], que também é barro puro. Se não calçar lá para os ônibus passarem, vamos continuar assim.”

 

SÃO CAETANO
Situado bem próximo ao bairro Eldorado, o bairro São Caetano também sofre com a falta de pavimentação em grande parte das ruas. Com as chuvas dos últimos dias, a entrada do bairro ficou praticamente intransitável. Para circular pelo local é preciso ter calma e prudência, pois a falta de calçamento fez com que a via ficasse toda enlameada e com que os veículos precisassem se desviar das crateras que se formaram.

 

CALÇAMENTO COMPARTILHADO
A Prefeitura esclareceu, por meio de sua assessoria de imprensa, que as duas áreas citadas na matéria não estão inclusas no programa Pró-Transporte e os moradores podem optar por uma forma de calçamento compartilhado. Nesse caso, a Prefeitura entra com o maquinário e os moradores, em comum acordo, fazem o rateio da mão de obra e do material a ser utilizado no serviço.
Desse modo, caso haja a anuência de todos, um engenheiro da Secretaria Municipal de Operações Urbanas (Semop) irá até o local e fará os levantamentos necessários para que a obra seja executada. Se os moradores optarem por este sistema de parceria, eles devem se dirigir à Semop, no Setor de Calçamentos e Pavimentação, para que a obra seja efetivada.

 

 


Crédito: Lorena Silva

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.