Boletim Epidemiológico em Divinópolis registra 2201 casos confirmados de coronavírus.

19 NOV 2020

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) informa nesta quinta-feira (19/11), o boletim epidemiológico atualizado que contabiliza mais 23 casos confirmados de coronavírus em Divinópolis, totalizando 2201 pacientes.

 

Com base em dados divulgados pelo Ministério da Saúde através da plataforma “FormSUScap”, Divinópolis conta com 74 óbitos, 17083 notificações, 830 casos descartados, 1931 recuperações, além de 70 pessoas aguardando resultado dos exames. A taxa de isolamento social no município é de 33%, a taxa de letalidade é de 3,36% e o ritmo de contágio está em 1,1.

 

Em relação às notificações, o boletim registra 88 casos suspeitos para pacientes menores de um ano; 351 entre 1 a 4 anos; 275 entre 5 a 9 anos; 969 entre 10 a 19 anos; 8509 entre 20 a 39 anos; 5116 entre 40 a 59 anos; além de 1775 pessoas com 60 anos ou mais. A população do sexo feminino compreende a maioria das notificações, com 9070. Enquanto isso, 8013 casos suspeitos equivalem ao sexo masculino.

 

Quanto aos casos confirmados, a população mais atingida corresponde a faixa etária entre 20 a 39 anos, com 938 pessoas. Cinco pacientes possuem menos de um ano de idade; 22 entre 1 a 4 anos; 28 entre 5 e 9 anos; 78 entre 10 a 19 anos; 759 entre 40 a 59 anos; além de 371 pessoas com 60 anos ou mais. Em relação ao sexo, 1214 pacientes equivalem ao sexo feminino e 987 pessoas equivalem ao sexo masculino.

 

Ocupação hospitalar

 

Os dados hospitalares apontam que 26 pessoas estão internadas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 42 pacientes se encontram no setor de enfermaria com quadro clínico compatível à Covid-19. A taxa de ocupação é de 35,1% na UTI e 31,1% no setor de enfermaria. Outras 5803 pessoas foram internadas ou atendidas em hospitais do município com quadro suspeito da doença nos últimos meses.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.