quinta-feira, 19 de Novembro de 2015 09:18h Atualizado em 19 de Novembro de 2015 às 09:26h. Mariana Gonçalves

Buraco engole parte do asfalto de acesso ao bairro Nova Fortaleza

O principal acesso ao bairro Nova Fortaleza II se dá por meio da BR 494 (Sentido Nova Serrana)

O trecho, que tem pouco menos de um ano que foi construído, além de servir para os moradores do bairro, é utilizado também por ônibus coletivos e por aqueles condutores que vêm de fora da cidade e farão a conversão para entrar no bairro Serra Verde. No entanto, há algumas semanas, parte do asfalto chegou a ser interditada para reparo, pois um buraco, fruto de um problema na tubulação de esgoto, comprometeu a via. Na ocasião, uma equipe da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) esteve no lugar e o conserto foi realizado.
Recentemente, o buraco voltou a aparecer no mesmo local em que a Copasa mexeu anteriormente, e num trecho pouco mais atrás também, inclusive, essa parte foi até mais afetada, pois a cratera engoliu praticamente toda a parte importante da via, com isso, o trânsito no local foi proibido, uma fita de isolamento, pregada a alguns cones, avisa a população sobre a interdição. A pista está assim há praticamente uma semana.

 

CONSTRUTORA

Em nota, a assessoria da Copasa informou que o “afundamento na pista de acesso ao bairro Nova Fortaleza é decorrente de problema construtivo na rede de esgoto implantada pelo empreendedor do loteamento, a quem cabe a responsabilidade de correção, visto se tratar de vício oculto da construção da rede.”
Ainda em nota, a companhia destaca que “conforme Termo de Acordo, celebrado pelo empreendedor e a Copasa para implantação das estruturas de água e esgoto, cabe ao empreendedor a responsabilidade pela obra por pelo menos cinco anos. Assim sendo, desde o início da ocorrência, o empreendedor foi cientificado do fato e instado a cumprir com sua responsabilidade legal de correção.”
Por fim, a companhia alegou que, na tarde de ontem, haveria uma reunião entre representantes da Copasa e o empreendedor, para definir ações de solução do problema.

 

Créditos: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.