quarta-feira, 28 de Setembro de 2016 18:27h Atualizado em 28 de Setembro de 2016 às 18:36h. Pedro Gianelli

Campanha de Multivacinação termina nesta sexta-feira

Iniciada no dia 19 de setembro, a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente chega ao fim nesta sexta-feira (30). Até ontem (27/09) foram aplicadas 3.822 doses de vacinas para a faixa etária de 0 a menores de 5 anos.

Nesta campanha estão sendo disponibilizados 12 tipos de vacinas e o público alvo é formado por aproximadamente 12,9 mil crianças de 0 a menor de 5 anos, mas não existe meta mínima, pois esta campanha é para avaliação e atualização da caderneta de vacinação.

Foram aplicadas 1395 doses da vacina VOP (dose oral contra poliomielite tipo 1 e 3), 421 doses da Penta DTP/HB/Hib (que previne contra difteria, tétano, coqueluche, meningite, Hepatite B), 352 doses da vacina contra Febre Amarela e 309 da Tríplice Viral (previne contra sarampo, rubéola e caxumba).

 

Outras vacinas que também estão entre as mais aplicadas nas crianças foram a Meningo C (contra meningite) com 237 doses aplicadas, 223 doses da VIP (dose injetável contra poliomielite tipos 1,2,3), 212 doses de Pneumo 10 (10 tipos de pneumonia) e 186 doses da Varicela.

 

Foram aplicadas também 177 doses de DTP (contra difteria, tétano e coqueluche), 154 de Hepatite A, 126 doses de VORH (contra o rota vírus humano), 17 doses de BCG (contra tuberculose) e 13 doses de Hepatite B.

 

Orientações sobre a campanha

A multivacinação é uma estratégia do Ministério da Saúde com a finalidade de atualizar a situação vacinal da população menor de cinco anos de idade. Quem ainda não levou as crianças para conferir o cartão de vacinas e receber as doses que estão faltando, ainda dá tempo. Em Divinópolis a campanha está sendo realizada em 34 salas de vacina localizadas nas unidades básicas de saúde do município, no horário normal de funcionamento de cada unidade.

Estão sendo vacinadas crianças de 0 e menores de 5 anos com a caderneta de vacinação atrasada; as meninas de 9 a 13 anos, 11 meses e 29 dias que precisam tomar a 1ª dose da vacina HPV e as meninas que não tomaram a 2ª dose da vacina HPV; e adolescentes em geral, meninas e meninos, que necessitam de completar a caderneta de vacinação com outras vacinas.

Ao levar as crianças e adolescentes para se vacinar, é fundamental que pais e responsáveis levem a caderneta de vacinação e a carteirinha da unidade de saúde. É apenas com a caderneta de vacinação da criança e do adolescente em mãos que os profissionais de saúde poderão verificar se existem doses de vacina da rotina em atraso.

 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.