terça-feira, 31 de Janeiro de 2017 10:49h Pedro Gianelli

Campanha Salarial de Igaratinga garante 11% de reajuste nos salários Prefeito concedeu inflação do período mais 4,42% de ganho real nos salários

A Campanha Salarial 2017 trabalhada pelo Sintram com os servidores de
Igaratinga foi concluída com ganhos significativos para a categoria. Além da
administração garantir a revisão da inflação apurada no período ( INPC -
6,58%) foi concedido ganho real nos salários dos servidores de 4,42%. O
projeto de lei, que autoriza o reajuste, será votado, no dia 06 de
fevereiro, na Câmara Municipal de Igarantinga, sendo que o aumento será
aplicado a partir dos salários de janeiro.

A presidente Luciana Santos e o diretor Marcos Alves se reuniram na última
quinta-feira (26) com os servidores para apresentar e colocar em votação
pela categoria os resultados da negociação com o prefeito , Renato Faria, e
explicaram que além do reajuste de 11% estava garantido para os servidores:
a construção do Plano de Cargos, Carreiras e Salários do município; o
retorno de vantagens (quinquênio, anuêncio, etc) retiradas indevidamente
pela antiga gestão; concessão de vale-transporte para os servidores
residentes na zona rural;e inclusão de cesta-básica na remuneração a partir
de junho/2017, sendo o valor concedido em pecúnia. Os servidores aprovaram a
negociação por unanimidade.

Os representantes do sindicato ressaltaram a valorização que o atual
prefeito implementa junto ao funcionalismo. "O respeito e valorização do
trabalhador municipal é o primeiro passo para uma gestão promissora. Sem
dúvida, foi uma campanha salarial vitoriosa, que vai contra o discurso
conformista da crise, pois as prefeituras que se preocupam em enxugar a
máquina podem fazer muito mais pela população e pelos trabalhadores
municipais, que são os responsáveis pela prestação de serviços nas diversas
áreas da Prefeitura", disse Luciana.

 

© 2009-2019. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.