sábado, 12 de Dezembro de 2015 03:31h Atualizado em 12 de Dezembro de 2015 às 03:33h. Pollyanna Martins

Campanha #TodosPorCamila continua a todo vapor

Show beneficente será realizado na próxima quinta-feira para arrecadar dinheiro para o tratamento de saúde da jovem

Foram fortes dores abdominais que se estendiam ao braço, que fizeram com que a jovem Camila Raquel Ferreira, de 27 anos, procurasse atendimento médico em fevereiro deste ano. O diagnóstico de câncer no intestino com metástases no fígado se confirmou no dia 6 de março, e foi aí que a luta pela vida começou. A procura pelo tratamento levou a jovem a Belo Horizonte. Durante uma consulta com um especialista, Camila passou mal e os médicos decidiram interná-la na cidade e começar imediatamente a quimioterapia.
O início do tratamento foi feito pelo SUS, com sessões de quimioterapia de 52 horas (três sessões), feitas de 15 em 15 dias. Porém, a medicação seria apenas um meio paliativo, pois os médicos a deram apenas três anos de vida. Camila, que é mãe do pequeno Hiago, de 7 anos, não se conformou com o diagnóstico e foi atrás de outros meios que pudessem salvar a sua vida. “Esse novo tratamento eu descobri por acaso, na internet. Eu vi alguns vídeos que citavam o Dr. Marcel Autran, e eu vi que ele era cirurgião específico do fígado, então agendei uma consulta com ele”, detalha.
Foi o médico, que atende em São Paulo, que deu novas esperanças para Camila. A vida da jovem estava condicionada a uma cirurgia para a retirada dos tumores do intestino. Só que o tratamento não é custeado pelo SUS, e custa em torno de R$ 100 mil. Assim que soube da possibilidade de recuperação, familiares e amigos de Camila começaram uma campanha para ajudar a jovem a custear o tratamento. “Eu iniciei esse tratamento em novembro, e o dinheiro arrecadado é para arcar com a cirurgia do intestino e parte do tratamento feito até agora, com as consultas, medicamentos e exames”, explica.


CAMPANHA
A campanha #TodosPorCamila ganhou força nas redes sociais, e várias iniciativas já foram feitas para ajudar a jovem na luta pela vida. Segundo a jovem, até quarta-feira (9), foram arrecadados cerca de R$ 30 mil. Camila, que ainda não tem data para voltar à Divinópolis, será operada na próxima quarta-feira (16). “A cirurgia para a retirada dos tumores está marcada para quarta-feira, e eu já estou sem fazer a quimioterapia para a desintoxicação do corpo, e eu posso ficar de três a seis meses internada”, conta.
Para ajudar na arrecadação do dinheiro, vários artistas de Divinópolis farão um show beneficente na próxima quinta-feira (17), às 21h, no Babilônia. Se apresentarão: Rock in Samba, Thales Maia, Cleitinho Elétrico, Grupo Vai que Cola, Junior Andrade, Fernanda Vilela, Chula Rock Band, João Paulo e Natalia, Tekillas. Os ingressos serão vendidos no Ponto do Cartão, que fica na Rua Rio de Janeiro, n° 208, Centro. Camila diz estar muito feliz e agradecida com a ajuda que está recebendo. A jovem ressalta que a luta é pelo filho Hiago. “A dedicação e amor maior é por ele. Quero vê-lo crescer, estudar, a maior parte disso tudo é por ele e por todos que estão me ajudando. Eu nem tenho como agradecer toda essa ajuda, é inexplicável. O carinho que eu estou recebendo, estou recebendo muito apoio, muita oração”, enfatiza.

 

FUTURO
Feliz com a realização do tratamento, e com a cirurgia, que será feita na próxima quarta, Camila diz que quer viajar e curtir muito o filho assim que esta fase passar. “O meu plano é curtir o meu filho ao máximo, eu quero muito viajar, acabar esse tratamento e ir para a casa. Viver a minha vida, voltar a trabalhar, que é o que eu mais anseio, voltar ao normal”, conclui. Para fazer uma doação para a jovem: Banco Bradesco; Agência: 0508-8; Conta: 1004222-4.

 

Créditos: Carolina Castro

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.