quarta-feira, 13 de Maio de 2015 13:47h

Casos de dengue crescem, mas é 76% menor em relação a 2014

A Diretoria de Vigilância em Saúde, órgão da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa), divulgou nesta quarta-feira (13/05)

A Diretoria de Vigilância em Saúde, órgão da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa), divulgou nesta quarta-feira (13/05), o boletim da dengue semanal. O número de casos confirmados desta doença voltou a subir e passou de 152 para 201 registros. As notificações de casos suspeitos também mantiveram a tendência de crescimento e somam 853 contra 725 verificados no boletim da última semana.

 

Apesar do avanço da dengue este ano, em Divinópolis, o volume de casos é 76% menor ao verificado no mesmo período em 2014. Entretanto, a situação é de alerta visto que a cidade está em estado de epidemia de acordo com o acompanhamento realizado através do Diagrama de Controle do município.

 

Os bairros com maior número de casos notificados de dengue na cidade são: Centro, Icaraí, Belvedere, Afonso Pena e Bom Pastor.

A Semusa tem empregado vários esforços para desacelerar as notificações e casos de dengue na cidade. Além do trabalho rotineiro dos agentes que fazem visitas nas residências, ações pontuais vêm sendo desenvolvidas.

Uma delas é o projeto Agente Mirim que teve início nesta terça-feira (12/05) na Escola Municipal Dona Maria Rosa, no bairro Realengo. A iniciativa é desenvolvida em parceria com Secretaria Municipal de Educação (Semed) e envolverá 48 alunos distribuídos nos turnos da manhã e tarde.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.