quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015 10:17h

Casos notificados suspeitos de dengue crescem 73%

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde, acaba de divulgar um novo balanço da dengue em Divinópolis

Em relação aos últimos dados, divulgados há duas semanas, o número de casos notificados cresceu 73% e atualmente totalizam 33 notificações.
Mesmo com este avanço nos últimos dias no número de casos notificados de suspeita de dengue, o cenário de 2015 ainda é um pouco melhor que no mesmo período em 2014. Naquela ocasião eram 359 casos notificados.
Independente do contexto atual é necessário que a população continue vigilante. A orientação da Diretoria de Vigilância em Saúde é que sejam destinados, pelo menos, 10 minutos por semana para eliminar possíveis focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue. “A vigilância constante por parte da população, aliada às várias ações que a Semusa realiza seja de orientação ou controle da dengue, são os principais instrumentos para se evitar uma epidemia desta doença na cidade”, reforça Celina Pires – diretora de vigilância em saúde.
Entre os bairros que apresentam o maior número de notificações estão o Belvedere, Niterói, Nossa Senhora das Graças, Catalão e Cidade Jardim. No entanto, os registros ocorrem em todas as regiões da cidade. O que é mais um motivo para o estado de atenção.
Até o momento, não há casos notificados suspeitos da febre Chikungunya em Divinópolis.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.