quinta-feira, 13 de Agosto de 2015 10:04h Atualizado em 13 de Agosto de 2015 às 10:06h. Mariana Gonçalves

Cavalgada em prol do menino Pedro Artur será realiza no fim de semana

Organizado pela Marra Produções e Eventos, a Cavalgada Fest irá ocorrer nos dias 15 e 16

O evento é 100% beneficente, a renda será destinada para o tratamento do menino Pedro Artur, que, desde bebê, luta para vencer as sequelas deixadas pela meningite. Na compra antecipada, os ingressos saem a R$20, os postos de venda são: Depósito Barreto, Urbana Country, Juarte's Couros e Ponto do Fazendeiro.
No dia 15, a festa começa a partir das 20h30, no Campo do Pedregal, em Ermida. Shows com: Cássio Barreto, Ricardo&Alessandro, Walafe&Alan, entre outros cantores.
Dia 16, será a vez da Quadra dos Lopes receber a festa, a partir das 10h, a cavalgada sairá da Igreja Matriz de Ermida. Nesse mesmo dia, está programada uma Queima do Alho, para animar o público, haverá os shows de Gabriel Carvalho, Isabella Resende, Bruno de Linz, Tony&Alexandre, Igor&Júnior, Cleiton Lucas, dentre outras atrações.


SOLIDARIEDADE

Essa não é a primeira vez que o organizador da cavalgada, Gabriel Marra, promove um evento de cunho social. Segundo Gabriel, ele se sente sensibilizado e motivado a ajudar o próximo, principalmente porque se coloca no lugar dos familiares, e sabe que talvez no futuro ele possa vir a precisar também de ajuda.
Gabriel conheceu o menino Pedro e sua história há cerca de seis meses. “Nos últimos 60 dias, estivemos juntos, e disse a ele: ‘vou lhe ajudar enquanto eu tiver forças, pode contar comigo sempre’. E a partir daí, dei meu ponta pé inicial, e pretendo ajudá-lo muito, pois a vida é assim. Só soma ou multiplica, quem subtrai e divide. E assim o farei”, destaca.
Pedro foi diagnosticado com meningite quando tinha 1 ano e meio de vida. A doença afetou a medula e o aparelho respiratório dele. Diante de uma grande luta, a criança tornou-se símbolo de combate à meningite no Brasil. Pois foi a primeira criança da América do Sul a receber o marca-passo diafragmático (para respirar sem ajuda de aparelhos) e inspirou a fundação do Instituto Pedro Artur.

 

DESPESAS

Como alternativa para proporcionar ao Pedro uma melhor qualidade de vida, foi encontrando um tratamento inédito com Células Tronco. “Porém, a família é muito pobre e não tem condição de custear esse procedimento, que só é feito fora do país. Pelo fato de ele ter ficado conhecido na mídia como símbolo nacional da meningite, tiveram vários artistas e jogadores de futebol que, no princípio, se solidarizaram com a causa deles e disseram que iriam ajudar, mas não ajudaram. Alguns jogadores deram para ele muitas camisas autografadas, mas na parte financeira não contribuíram com o tratamento. Além dos R$240 mil que a família precisa para o tratamento, eles ainda têm um custo mensal de R$8 mil com as necessidades da criança, então, o objetivo desse evento que estou fazendo é exatamente para dar pelo menos um pouco de contribuição para eles, e lá na frente, eu torço que tudo dê certo, e vou estar feliz porque Divinópolis ajudou essa família”, completa Gabriel.
Quem se interessar, pode contribuir também pelo site criado para angariar fundos para os tratamentos de Pedro, por meio do portal http://www.pedroarthur.com.br

 

Créditos: Divulgação

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.