sexta-feira, 6 de Maio de 2016 11:05h Prefeitura de Divinópolis

Centro de Convivência estimula a inclusão social dos idosos há uma década

Com 10 anos de atuação, o Centro de Convivência do Idoso é uma das políticas públicas bem sucedidas da área social da Prefeitura de Divinópolis

Com investimentos de R$ 240 mil por ano, o projeto coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Semds), oferece atividades multidisciplinares e socioeducativas esporte, palestras, danças, artesanato e uma série de ações para beneficiar 194 idosos contribuindo para inclusão social.

Funcionando em parceria com o Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) no bairro Bela Vista, o Centro de Convivência do Idoso conta com cinco monitores e alimentação diária para os assistidos.

 

 

 

Nos projetos ligados a dança, por exemplo, os idosos praticam vários ritmos como Dança do Arco, Peneira, do Ventre e Catupé. Em datas festivas o Centro de Convivência promove eventos como comemorativos com Dia das Mães e Pais, além de Festa Junina, Carnaval, Natal e os aniversariantes do mês.

No projeto, os idosos também participam de teatro. Uma das encenações promovidas é o nascimento de Cristo. Ainda na área cultural, um grupo de idosos participa do Coral de Canto do Centro de Convivência. Na área de entretenimento e esporte, o Centro de Convivência tem aulas de basquete, ginástica e sinuca.

 

 

 

Os idosos também desfilam. Uma das atrações de 1º de junho na comemoração de aniversário é o desfile da terceira idade. Ainda dentre as atividades, o Centro de Convivência promove desfile de moda com a participação das famílias.

O espaço para idosos promove também grupo de autoajuda para tratar depressão, relaxamento e unibiótica. Ainda na agenda de atividades, o grupo de idosos faz viagens, participam de palestras e tem aulas de artesanato e informática. “O Centro de Convivência é essencial para maioria dos idosos. Quando tem férias, recebemos informações que os idosos ficam tristes em casa sem as atividades do Centro de Convivência”, afirmou a coordenadora da Proteção Básica da Secretaria de Desenvolvimento Social, Valéria Duarte Santiago.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.