sexta-feira, 12 de Junho de 2015 13:37h

Centro de Especialidades Médicas começa a funcionar em agosto

Semusa e UFSJ firmam parceria e garante serviços

Está previsto para entrar em funcionamento em agosto o Centro de Especialidades Médicas (CEM).  O novo instrumento de promoção a saúde nasce de uma parceria entre a Prefeitura de Divinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e a Universidade Federal de São João del-Rei.

A iniciativa, que já vinha sendo discutida há alguns meses, se antecipa e se alinha com a proposta do Governo Estadual, que prevê a criação de Centros de Especialidades Médicas em cada uma das 77 microrregiões mineiras. Em Divinópolis o Governo Municipal sai na frente e oferecerá centenas de atendimentos numa estrutura que está sendo preparada no antigo Pronto-Socorro Municipal, localizado na região Central da cidade na rua Getúlio Vargas.

De imediato, a parceria com a UFSJ permitirá instalar neste local especialidades nas áreas de endocrinologia, infectologia, reumatologia, nefrologia, otorrinolaringologia, urologia, ginecologia, cardiologia, pneumologia e cirurgia ambulatorial. Estão incorporados neste aparelho de saúde pública as ações do Centro Hiperdia, garantindo, assim, o atendimento aos hipertensos e diabéticos conforme compromisso feito pelo município.

O atendimento no Centro de Especialidades Médicas será diferenciado e terá a coordenação direta de professores doutores da UFSJ. Também será incorporado a este atendimento os profissionais de saúde da Semusa.

“Este é um projeto antigo nosso. Uma necessidade da universidade e um desejo do poder público que irá beneficiar todo mundo. Ganha o usuário, ganha o sistema, ganha a universidade na formação dos seus alunos. Assim, o Centro de Especialidades Médicas será uma ferramenta importante para a saúde da cidade”, disse o secretário municipal de saúde, David Maia.

Investimento

Inicialmente, estão sendo investidos R$ 300 mil na instalação do Centro de Especialidades Médicas. Semusa e UFSJ dividem os custos desta implantação. Na próxima semana funcionários da Secretaria Municipal de Saúde volta ao prédio onde será instalado o centro e realizarão trabalhos de pintura. Na sequência serão instaladas as divisórias que darão origem a 18 consultórios. Está sendo prevista, ainda, a revitalização da parte externa da unidade.

“Neste espaço iremos ter um médico especialista para coordenar e fazer o atendimento, os alunos que estão finalizando o curso, que são os alunos do internato, e os alunos de residência que temos”, pontua o diretor do Campus Centro Oeste/UFSJ, Eduardo Sergio da Silva.

Na avaliação dos envolvidos o Centro de Especialidades Médicas se consolidará num importante campo de prática para os alunos e numa ótima oportunidade de atendimento à população.

Tão logo inicie suas atividades no mês de agosto, o Centro de Especialidades Médicas atenderá a população de segunda a sexta-feira das 7h às 18h. Os encaminhamentos para o Centro de Especialidades Médicas Semusa UFSJ serão feitos por meio das unidades de saúde.

“A universidade tem o recurso para investir na formação dos alunos. Nos não vamos fazer dentro da universidade aqui uma estrutura, antigamente usava-se, hoje o investimento é todo na rede de saúde. Por que aí o aluno é formado para rede e não para um modelo que não existe mais, completamente blindado onde não teria paciente”, conclui Eduardo.
A previsão é acrescentar ao Centro de Especialidades Médicas os trabalhos do CRER que é o responsável pelos trabalhos de fisioterapia oferecidos a população. “Com a futura adesão do Estado ao Centro de Especialidades Médicas de Divinópolis os serviços oferecidos poderão ainda se ampliados”, defende o secretário de saúde de Divinópolis.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.