sábado, 7 de Fevereiro de 2015 05:22h

Centro de Testagem e Aconselhamento realizará ação para trezentos funcionário da FCA

No carnaval foliões serão orientados sobre a prática do sexo seguro

Pessoas que fazem o uso abusivo do álcool estão mais susceptíveis a contrair o vírus da AIDS. O alerta é do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool – CISA. Em sua página na internet esta instituição informa que a ingestão de álcool leva à desinibição e diminui a percepção de risco.
Com a proximidade do carnaval as autoridades ligadas à área de saúde ficam em atenção. Já que o consumo de álcool é grande. Em Divinópolis o Centro de Testagem e Aconselhamento, CTA, esta a disposição da população que queira orientações, preservativos ou até mesmo realizar o teste rápido de HIV.
O CTA mantém parceria com empresas da cidade e repassa a elas material para a orientação de seus funcionários. A Copasa e a Coca Cola são algumas das empresas que solicitaram esse suporte do CTA.
Dentro deste contexto, será realizada na próxima segunda-feira (09/02) uma ação dentro da Ferrovia Centro Atlântica. Na oportunidade, a partir das 13h, serão realizados aconselhamentos individuais e para quem desejar a teste rápido de HIV.
“Esta iniciativa é importante porque proporciona ao trabalhador se beneficiar de um serviço que em função do seu trabalho não consegue ter acesso a ele. Juntamente com a empresa parceira é oportunizado aos funcionários informações que, se bem utilizadas, vão se converter em mais saúde. Este encontro é também um momento de tirar dúvidas e receber orientações”, explica Francisca Vanizia - enfermeira do CTA. Ao todo, na próxima segunda, 300 funcionários da FCA participarão deste encontro.
No que se refere ao carnaval o CTA irá realizar um trabalho de panfletagem e distribuição de preservativos na região da Barragem, no Lago das Roseiras. Este local é o principal ponto de concentração dos foliões da cidade.
“Vamos levar informação da necessidade da prática do sexo seguro. A intenção é conscientizar as pessoas para que novos casos de AIDS não surjam. Além disso, é importante as pessoas entenderem que o sexo sem segurança é porta aberta para outras doenças também perigosas, como a sífilis, hepatites entre outras”, completa Francisca.
Em Divinópolis e região existem cerca de 1.400 pessoas soropositivas. Para aqueles que desejam acompanhamento ou informação o CTA fica localizado na Policlínica; na rua Getúlio Vargas, número 550 na região central da cidade.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.