quinta-feira, 14 de Janeiro de 2016 08:37h Atualizado em 14 de Janeiro de 2016 às 08:46h. Mariana Gonçalves

Centro esportivo prometido pela Prefeitura há dois anos ainda não saiu do papel

O Centro de Iniciação Esportiva (CIE), previsto para ser construído no bairro Icaraí - Rua Liberdade entre Itararé e Vera Cruz

O Centro de Iniciação Esportiva (CIE), previsto para ser construído no bairro Icaraí - Rua Liberdade entre Itararé e Vera Cruz, segundo afirmou o Prefeito Vladimir Azevedo em entrevista concedida aos veículos de comunicação da cidade, em agosto de 2014, estaria pronto no segundo semestre de 2015. A ‘promessa’ não foi cumprida e pelo visto, esse projeto será arrastado no papel por mais um longo período. De acordo com publicação do Diário Oficial dos Municípios Mineiros, a licitação referente à empresa que executaria as obras do centro está suspensa. Segue trecho da publicação do Diário – “A empresa Maia Engenharia e Construções Ltda. – EPP, protocolou peça impugnatória
ao Edital acima mencionado. Sendo assim esta Comissão de Licitação resolve por suspender a sessão de recebimento e abertura dos envelopes. Até a definição de uma nova data. Para que seja feita a análise e resposta da peça impugnatória”.
A obra está orçada em cerca R$ 3,7 milhões, em 2014, foi assinado um convênio com o Ministério dos Esportes, visando garantir este recurso. Inclusive, na época, o Superintendente da Usina de Projetos, Rodrigo Resende, disse em entrevista que o recurso já estava assegurado na Caixa Econômica Federal.

 

ATRASO

Em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura, a mesma informou que o Presidente da Comissão de Licitação tem cinco dias úteis para analisar os questionamentos feitos pela empresa Maia Engenharia, feito isso, será feita uma nova publicação, constando a decisão, podendo ser acatada ou não, caso for aceita pela comissão, será iniciado um novo processo licitatório.
Referente ao recurso em caixa para a obra, a assessoria alega que este continua sob o resguardo da Caixa Econômica, estando garantido para a construção do CIE.

 

COMO SERÁ?

Conforme projeto, o CIE será construído numa área de 7000 m² e contará com estrutura apropriada para a prática do atletismo, ginásio poliesportivo com arquibancada para 122 lugares e área de apoio (administração, sala de professores/técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia, sanitário público).
A estrutura concebida para o Centro de Iniciação ao Esporte de Divinópolis comportará 13 modalidades olímpicas, sendo elas: atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, tênis de mesa, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton e levantamento de peso. Poderão ser praticadas, ainda, nesse espaço seis modalidades paraolímpicas (esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball). E uma não-olímpica (futsal). A área de atletismo contempla as atividades de salto em altura, raia de atletismo de 110m, salto em distância/salto triplo e arremesso de peso.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.