quinta-feira, 26 de Novembro de 2015 08:52h Atualizado em 26 de Novembro de 2015 às 08:54h. Thais Fernandes

Com a chegada do Natal, lojas se preparam para ‘laçar’ clientes

Devido à crise nacional, CDL divulga que este ano será de “lembrancinhas” no lugar de presentes

O ano de 2015 está sendo muito difícil para os lojistas, uma vez que a crise econômica nacional afetou bastante o bolso de toda a população. Com o Natal cada dia mais próximo, várias lojas estão apostando em decoração e promoções, sendo que algumas irão realizar sorteios de veículos e promoções “relâmpagos” para conseguir conquistar os clientes, com um final de ano farto e bons lucros.

Rogério Mendes de Aquino Neto, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Divinópolis, informou sobre a expectativa de vendas para nossa reportagem, “nós estamos com uma expectativa boa, mas pedimos aos lojistas para sermos realistas e ‘ficar com o pé no chão’. Não é possível prever um aumento significativo nas vendas, nós estamos estimando que seja provável termos o cupom fiscal baixo, onde os presentes serão a famosa lembrancinha, dado a crise que o país está enfrentando. É normal para essa época do ano termos um incremento básico, que é o 13º salário, porém, é possível que a população opte por quitar suas dívidas, uma vez que o número de devedores aumentou em 2015 consideravelmente e, por isso, as dívidas em novas compras estão sendo evitadas, o consumidor está com a confiança abalada, então ele não irá fazer muitos financiamentos, optando por comprar e pagar à vista, negociando um bom preço. Então, nossa expectativa, tanto como dirigente quanto lojista, é que seja um Natal magro, com pouco consumo, como a economia está muito desacelerada, não dá para criar muitas expectativas, mas nos mantemos confiantes”, explicou o dirigente.

Um gerente de uma loja de móveis e eletrodomésticos do centro de Divinópolis, Alexandre Quintino Isidoro, comentou que, mesmo estando em crise, sua loja possui expectativas positivas, “A expectativa é que haja um aumento de, no mínimo, 30% no número de vendas, porém, esse ano, vamos realizar dois natais, um agora, na próxima sexta-feira, com a Black Friday e outro no Natal mesmo. Acredito que boa parte da população irá aproveitar essa ação dia 27 para realizar suas compras de Natal aproveitando as promoções”, esclareceu. 

A gerente de uma loja de utensílios diversos, Walquiria Helena Ramos Silva, comentou que sua loja investiu em novidades e brinquedos infantis. “É certo que, mesmo com a queda nas vendas e queda na rotatividade de clientes, nossa expectativa para o Natal não diminui. Sempre esperamos por melhoras, sendo assim, investimos em novidades natalinas, para chamar a atenção, além do investimento em brinquedos infantis, que sempre são uma boa pedida para aqueles que possuem crianças na família, com o investimento também em produtos domésticos, como vasilhames de metal ou inox, que é uma boa venda para aqueles que ficam indecisos com o presente”, informou.

Aproveitando a oportunidade, Rogério, da CDL, explicou um pouco sobre as vagas de emprego que surgiram neste final de ano. “As vagas de emprego geradas agora, na verdade, não são vagas novas, são a reposição do que foi perdido durante o ano. As lojas que tiveram que diminuir o quadro de funcionários por causa da crise estão recontratando, para suprir o que foi perdido durante o ano, são vagas temporárias para suprir e ajudar, devido à diminuição dos funcionários durante o ano e o amento da demanda para o Natal”, concluiu, de forma a dar esperanças aos desempregados, que, talvez, com um emprego temporário poderão aumentar a rotatividade de clientes nas lojas, aumentando também as vendas para o Natal.

Os horários divulgados pela CDL para funcionamento das lojas são:
Terça-feira, dia 8 de dezembro, feriado da Imaculada Conceição será de 09h às 18h;
Quinta-feira e Sexta-feira, dias 17 e 18 de dezembro, será de 09h às 20h;
Sábado, 19 de dezembro será de 09h às 18h;
No Domingo, dia 20, o comércio funcionará de 9h às 15h;
Segunda-feira, dia 21 de dezembro, será de 9h às 21h;
Nos dias 22 e 23 de dezembro, o horário será de 9h às 22h;
Na quinta-feira, dia 24, as lojas irão funcionar de 9h às 20h;
No Natal, dia 25, todas estarão fechadas, voltando com funcionamento normal no sábado, dia 26;
Na segunda-feira, 28 de dezembro, o comércio abrirá as portas somente depois do meio-dia;
Nos dias 29, 30 e 31 será horário normal; e,
Nos dias 01, 02 e 03 de janeiro as lojas estarão fechadas, voltando normalmente a partir do dia 04, segunda-feira.

 

 

 

Créditos: Thais Fernandes

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.