sexta-feira, 30 de Janeiro de 2015 09:38h Mariana Gonçalves

Comerciante é aprovado em exame de direção, mas está impossibilitado de dirigir

A alegria de ter sido aprovado no exame de direção foi algo que o comerciante, Walace Borges, pôde comemorar por poucos dias

Mesmo após passar por todo o processo burocrático e custoso de uma autoescola, a tão sonhada habilitação tem sido motivo de dor de cabeça desde dezembro do ano passado. “Tirei a carteira no dia 3 de dezembro de 2014 e recebi a permissão provisória com vencimento para o dia 7 desse mesmo mês, porque o meu exame psicológico iria vencer no dia 27 também de dezembro, ocasião em que completaria um ano”, diz Borges.
O comerciante contou ainda que, antes mesmo do dia 27 do mês passado, procurou em Divinópolis uma clínica credenciada ao DETRAN, e realizou os exames necessários, para assim dar entrada ao pedido definitivo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). “A clínica encaminhou a documentação para a delegacia no dia 26 de dezembro, e até hoje não tive nenhuma resposta aceitável por parte do DETRAN, sobre o porquê de não ter a minha carteira de motorista em mãos”, afirma.

DESAPONTADO

Walace se sente frustrado por não saber a quem recorrerá. Após comparecer quatro vezes ao CIRETRAN - órgão ligado ao DETRAN, e não ter nenhuma solução para seu problema, o comerciante vê na imprensa uma única forma de ajuda. “Essa situação já extrapolou o bom senso. Eles [CIRETRAN] alegam que a carteira sequer chegou a ser pedida em Belo Horizonte. Ligo no 155 – o número do DETRAN –, e me informaram que não podem resolver essa questão”, pontua.
O comerciante falou ainda sobre as dificuldades pessoais que enfrentou para conseguir conquistar a habilitação, mais um motivo pelo qual o seu descontentamento, com o fato da CNH não ter chegado, é grande. “Sou um assalariado. Não é fácil ter uma habilitação no Brasil, por isso não são todos que têm acesso a ela. Me esforcei, abri mão de comprar uma roupa, de fazer um passeio, e isso tudo, para mesmo depois de aprovado, ainda não ter a CNH. Estou decepcionado!, desabafa Walace.


NOVO PEDIDO

A equipe de reportagem entrou em contato com o CIRETRAN, porém o delegado iterado sobre o assunto, Fernando Vilaça, encontra-se de férias. No entanto, o delegado de trânsito, Leonardo Pio, se prontificou a nos atender, respondendo que consta na ficha de Walace um segundo pedido de CNH, feito pelo delegado Fernando antes de sair em férias.


ONLINE

O portal online do DETRAN-MG oferece a possibilidade do cidadão acompanhar o andamento do processo de emissão da CNH definitiva, Permissão Internacional para dirigir, renovação ou 2ª via da carteira. Para isso, basta acessar o www.detran.mg.gov.br

 

 


Crédito: Mariana Gonçalves

 

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.