terça-feira, 4 de Agosto de 2015 10:03h Atualizado em 4 de Agosto de 2015 às 10:07h. Pollyanna Martins

Complexo viário do bairro Bom Pastor será reformado

As melhorias na estrutura terá um investimento de mais de R$ 400 mil

O complexo viário do bairro Bom Pastor receberá melhoria em sua estrutura nos próximos dias. O contrato que libera a primeira etapa das obras foi assinado na manhã de ontem, pelo Prefeito Vladimir Azevedo, e pelo vice-prefeito Rodrigo Resende.  O investimento da reforma será de R$ 250 mil pelo Governo Federal, e de R$ 160 mil da Prefeitura de Divinópolis.
O objetivo das obras é desafogar o trânsito na Rua Pitangui, além de criar novas vagas de estacionamento na região. Na primeira fase da obra serão asfaltados sete quarteirões nas ruas João Esteves entre Avenida JK e Centralina, Centralina até a Rua Cristovão Teixeira, as ruas das Nações e Cristovão Teixeira entre Pitangui e JK. A primeira etapa será executada com o recurso do Governo Federal. “Aqui, nós temos grande parte do investimento de recursos que nós conseguimos através da [Secretaria Municipal] Usina de Projetos com o Governo Federal, uma parte de R$ 250 mil. E a segunda etapa será de investimento próprio da Prefeitura, que será de R$ 160 mil. As máquinas já estão aí, as obras começam hoje, e acredito que nos próximos 15 dias esteja pronta a primeira etapa”, informa o prefeito.
Durante a solenidade, o representante da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), da Regional União Oeste, Juliano Alberth Alves de Almeida entregou para o prefeito um abaixo assinado, solicitando uma flexibilização de vagas de estacionamento na região. Para isto, foi cogitada a possibilidade de estabelecer horário para a utilização da ciclovia, que é na Rua Pitangui. “Agora vem uma nova demanda, que é um ponto que realmente precisa de muita análise, de muito equilíbrio para que se for fazer, achar um ponto certo, que seria em um horário que talvez não tenha ciclista. Das 21h para frente já é um público que usa a Rua Pitangui de outra forma. Tudo pode ser multiuso e que a cidade se use de maneira mais adequada em cada momento”, ressaltou o prefeito.
O prefeito informou ainda que irá pedir um estudo mais detalhado da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans) e da Secretaria Municipal de Esportes e Juventude (Semej) para aplicar a regra na região. “É com o sentido de cabeça aberta para aprofundar na questão, mas com um estudo mais adequado. Vou pedir a equipe para que durante este mês de agosto faça este estudo. Com estas variáveis, utilização de bares, qual dia da semana é mais intenso, qual horário da noite para frente é mais intenso, e como é o comportamento dos ciclistas neste horário”, frisa.

 

Credito: Assessoria/Gabriela Alvarenga
Credito: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.