sábado, 14 de Abril de 2012 09:56h Marina Alves

Copasa dá andamento ao Tratamento do Esgoto

Concessionária afirma que já existem funcionários e equipamentos trabalhando no tratamento do esgoto,e que os projetos caminham dentro do cronograma


Conforme noticiado pela Gazeta do Oeste em fevereiro deste ano, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais, Copasa, informou que Divinópolis, ainda no ano de 2012, teria uma estação de tratamento de esgoto, atendendo a região que compreende a bacia do Rio Pará, nos bairros Icaraí, Floramar e também no Distrito Industrial, abrangendo toda a cidade.
O projeto para o tratamento de esgoto na bacia do Rio Pará está concluído e em processo de licitação; os projetos da bacia do Rio Itapecerica e da Bacia da região de Ermida ainda estão em fase de desenvolvimento, pelas empresas contratadas pela Copasa. Os projetos em desenvolvimento têm previsão de serem concluídos até dezembro deste ano.
Para fazer o tratamento, será necessária a implantação de Estações de Tratamento (ETE’s) e também de Estações Elevatórias (EEE’s), além de interceptores, ao longo dos cursos d’água que cortam a cidade, para possibilitar a passagem do esgoto e o funcionamento do direcionamento do esgoto para as ETE’s. O valor total estimado para a obra é de 145 milhões de reais. Segundo a Copasa, as priorizações e os prazos das obras deverão ser decididas de forma paralela com os projetos, obedecendo os compromissos que foram firmados, tanto com o município quanto com a população, através do Contrato de Programa.
De acordo com o Projeto de Tratamento de esgoto que será realizado pela Copasa, deverão ser implantadas três Estações de Tratamento, e também de um grande número de interceptores. O projeto também terá a implantação, ou melhoria de mais de 20 Estações Elevatórias. Segundo a Copasa, estas serão medidas que trarão melhorias importantes e fundamentais, que a companhia está se propondo a executar em prol da população da cidade de Divinópolis.
Após protestos na internet, sobre as taxas cobradas pela companhia e o questionamento feito a respeito do tratamento do esgoto, a Copasa se manifestou dizendo que iria realizar o projeto de tratamento de esgoto, para melhorar a qualidade dos serviços prestados a população.
Em nota, a Copasa ressaltou: “É muito importante lembrar e cumpre destacar que a COPASA já está em plena atividade na garantia do adequado funcionamento e na melhoria da operação do Sistema de Esgotamento Sanitário SES da cidade, já estando em atividade mais de 30 empregados diretamente trabalhando no SES. E  que estão também em plena utilização 3 retroescavadeiras , 5 veículos leves e pesados, além de 3 equipamentos de hidrojateamento para limpeza e desobstrução das redes e ligações. Outros 2 equipamentos hidrojato/hidrovácuo combinados estão chegando nos próximos dias.
De janeiro até hoje, a COPASA já efetuou mais de 140 ligações gratuitas de esgoto e executou mais de 1.560 servicos diversos como manutenções, desentupimentos, limpezas e/ou construção de Poços de Visita entre outros, demonstrando a efetiva atuação da empresa desde a assunção da operação do SES na garantia da qualidade de vida da população de Divinópolis”

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.