terça-feira, 8 de Março de 2016 10:26h Atualizado em 8 de Março de 2016 às 10:38h. Mariana Gonçalves

Cratera na Avenida Autorama foi apenas um dos problemas causados pela chuva

Já era noite quando parte do asfalto da Avenida Autorama cedeu, horas antes, chovia bastante na cidade

A cratera abriu rapidamente, o que impossibilitou que um motociclista que, naquele momento, passava pelo local, freasse antes de chegar ao buraco, por sorte, ele não teve ferimentos graves. Esse episódio ocorreu na última sexta-feira, o sábado e domingo foram de pancadas de chuvas em alguns pontos isolados da cidade, o que também preocupou a população. Diversas ruas ficaram alagadas.
Em um trecho da principal via de acesso ao bairro Candelária, estão colocando algumas placas isolando um pedaço da via, que também cedeu já há algum tempo, em chuvas anteriores, mas, a cada nova pancada de chuva que cai sob a cidade, aumenta a insegurança dos moradores, que temem por um deslizamento de terra, levando uma parte ainda maior da rua.

 

 


Conforme já até foi mostrado em edição anterior do jornal Gazeta do Oeste, a situação da Rua Lagoa da Prata, no Belvedere, continua complicada. Além da forte enxurrada que retirou parte das pedras de calçamento da rua, uma cratera ‘engole’ parte da via.
Um embate entre moradores e Prefeitura sobre qual medida tomar para sanar o problema, tem ocorrido desde a semana passada.
Em nota enviada à imprensa pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Divinópolis, o órgão reforçou os trabalhos da Defesa Civil no monitoramento dos estragos provocados pela chuva na cidade, em especial a situação da Avenida Autorama.
“O temporal provocou o rompimento de uma barreira de contenção e erosão na Avenida Autorama, próximo ao nº 442, no sentido trevo da BR 494”, ainda segundo o comunicado, no sábado, junto à equipe da Prefeitura, compareceram ao local também os funcionários da Copasa.

 

 

REPARO

Na manhã de ontem, o secretário de Operações Urbanas e Defesa Civil, Dreifus Rabelo, acompanhou a finalização das obras de reparo na Avenida Autorama. “Fomos acionados e a Copasa também – que fez a religação dessa adutora para não deixar faltar água no Planalto, e nós entramos com a recomposição do buraco, trabalhamos no sábado com três caminhões, e mais o pessoal da Settrans, e essa semana voltamos para estabilizar o buraco e refazer o asfalto, até que a gente possa fazer a contensão na saída do aterro, para, assim, a obra estar definitivamente concluída”, diz o secretário.
Ainda segundo o secretário, os serviços da Defesa Civil funcionam 24h, a população pode acionar os trabalhos por meio do 199 ou pelo telefone da secretaria de Operações Urbanas: 37 3221 1088.

 


BUEIROS

O secretário chamou a atenção para a situação dos bueiros na cidade, a grande quantidade de lixo doméstico retirada destes equipamentos tem sido constante. “Ultimamente, temos tido em Divinópolis alagamentos temporários, este problema está ligado, principalmente, à condição dos bueiros, a quantidade de materiais que está sujando as bocas de lobo está trazendo um transtorno muito grande. No sábado, eu fiz uma vistoria ao longo da 1° de Junho e da Goiás, e encontrei inúmeros bueiros com objetos jogados pelo homem, desde pedaços de papel a sacolas plásticas e vasilhames de marmitex, isso impede que a drenagem funcione como tem que funcionar, as pessoas precisam se conscientizar disso”, encerra Dreifus.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.