quarta-feira, 25 de Novembro de 2015 10:03h

Crea-Minas fiscaliza empreendimentos do agronegócio em Divinópolis

Conselho dá continuidade às ações realizadas inteiramente no novo modelo de fiscalização do agronegócio na cidade

Entre os dias 30 de novembro e 04 de dezembro, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas) dará continuidade às ações de fiscalização dos empreendimentos do agronegócio na cidade de Divinópolis. Nessa fase, a fiscalização vai se concentrar em estabelecimentos de produção e industrialização de leite e derivados.
O trabalho será desenvolvido nas cidades de Divinópolis, Carmo do Cajurú, São Gonçalo do Pará, São Sebastião do Oeste, Pará de Minas e Itaúna. A visita aos estabelecimentos vai se concetrar na atuação dos profissionais habilitados nos empreendimentos de bovinocultura leiteira.
O fiscal da Regional Centro-Oeste do Crea-Minas, engenheiro eletricista Anelito Nonato da Silva, explica que as visitas terão um caráter educativo. “O objetivo é conscientizar os produtores rurais e os gestores a respeito da necessidade de participação de profissionais qualificados atuando nas atividades agronômicas ali realizadas”, destaca Anelito.
Para o gerente de Fiscalização do Crea-Minas, engenheiro mecânico Guilherme Rodrigues, o objetivo principal das ações de fiscalização é detectar e constatar a regularidade dos empreendimentos. “Tudo está sendo feito de acordo com as novas metodologias de fiscalização, em parceria com os empreendedores rurais. Caso seja constada alguma irregularidade, o empreendedor é notificado e tem um prazo para que faça as adequações”, informa.  Ele acrescenta que fiscalizar o exercício profissional neste setor garante a qualidade do serviço prestado e dá segurança ao consumidor. “A presença de profissionais habilitados dá segurança aos empreendedores e garante à sociedade que produtos e serviços sejam oferecidos com qualidade”, conclui.
A iniciativa pioneira de fiscalização do agronegócio do Crea-Minas foi lançada em 2015. O modelo se tornou uma área específica na autarquia, com estrutura, análise e acompanhamento especiais.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.