sexta-feira, 9 de Outubro de 2015 13:05h

Cursos de Enfermagem e Fisioterapia da UEMG Divinópolis obtêm nota A em avaliação do Conselho Estadual de Educação

Os cursos de bacharelado em Enfermagem e Fisioterapia oferecidos pela UEMG Unidade Divinópolis obtiveram a nota A na verificação “in loco” para renovação de reconhecimento realizada pela Câmara de Ensino Superior do Conselho Estadual de Educação de Minas

Os cursos de bacharelado em Enfermagem e Fisioterapia oferecidos pela UEMG Unidade Divinópolis obtiveram a nota A na verificação “in loco” para renovação de reconhecimento realizada pela Câmara de Ensino Superior do Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais (CEE/MG). Com isso, os cursos foram renovados por mais quatro anos – as renovações foram publicadas no “Minas Gerais” desse dia 8 de outubro.

Durante a visita das comissões verificadoras à unidade, realizada em julho último, foram avaliados a organização didático-pedagógica, o corpo docente e as instalações físicas dos cursos.

A comissão verificadora do curso de Enfermagem foi formada pelo professor Juliano Teixeira de Moraes, da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), e pelos técnicos do CEE Cátia Maísa Santos e Pedro Eduardo da Silva Casteloni.

Já a comissão verificadora do curso de Fisioterapia foi composta, além dos técnicos do CEE Cátia Maísa Santos e Pedro Eduardo da Silva Casteloni, pela professora Viviane Santos Borges, da Universidade de Itaúna.

Formação
Em nota, o Núcleo Docente Estruturante do curso de Enfermagem destacou o esforço empreendido pela instituição e pelos coordenadores, professores e estudantes do curso em relação à formação de enfermeiros competentes e compromissados com a arte de cuidar do outro. “O projeto pedagógico do curso favorece, além do ensino em sala de aula, a integração entre os diversos estágios em que se encontram os alunos, por meio do seminário interdisciplinar, a autonomia do aluno, na organização das semanas acadêmicas, a ampliação do horizonte na formação, cujo canal é a extensão e pesquisa, e o contato nos períodos iniciais do curso com a realidade da assistência no serviço público e privado pela prática interdisciplinar integrada”, ressaltou a nota.

O documento também enfatizou a inserção do curso na região do Centro-Oeste Mineiro. “Com currículo inovador, no qual a gestão do serviço de Enfermagem e do sistema de saúde é enfatizado por ser o enfermeiro um gestor nato, o curso fez inserção em todos os níveis de gestão e assistência na região do Centro-Oeste Mineiro, com egressos nos cargos de gerência em nível regional e municipal. E na área acadêmica tem o orgulho de ter estimulado a formação de doutores e mestres que atuam em diversas regiões de Minas Gerais”, completou.

Inserção regional
De acordo com a coordenadora do curso de Fisioterapia da unidade, professora Viviane Gontijo Augusto, a nota obtida na avaliação do CEE reflete a dedicação e o trabalho em equipe de docentes e discentes do curso, além do apoio e do direcionamento da diretoria acadêmica em relação ao oferecimento de cursos de boa qualidade pela unidade. “Conseguimos provar que o curso de Fisioterapia atendeu aos objetivos propostos, mostrando impacto positivo na saúde coletiva da região. Esta avaliação reforça que os profissionais formados pelo curso estão aptos a atuar com competência, aliando saber técnico científico à prática voltada para a assistência da população local, tanto na prevenção de agravos quanto na reabilitação funcional”, finalizou a coordenadora.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.