sexta-feira, 30 de Setembro de 2016 17:13h Pedro Gianelli

Deputado Jaime Martins defende a inclusão do ensino de Libras nas escolas

Emenda à Medida Provisória do Ensino Médio, feita pelo parlamentar, prevê o ensino de conceitos básicos da Linguagem Brasileira de Sinais
Para garantir a inclusão do ensino de conceitos básicos da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) nas escolas, o deputado federal Jaime Martins (PSD/MG) propôs, na última segun­da-feira (26), uma emenda par­lamentar à Medida Provisória 746/2016, conhecida como ‘MP do Ensino Médio’, apresentada pelo presidente Michel Temer.

Para o deputado, o ensino de Libras deve ser reconhe­cido no Brasil como um dos caminhos necessários para mudanças no atendimento es­colar, nas condições oferecidas pelas escolas aos deficientes, e também por ser uma língua viva, produto de interação das pessoas e de extrema impor­tância para a comunicação. “Ao propor esta emenda, pensamos naqueles que hoje precisam ser atendidos pelo Estado com mais atenção. Hoje falta estru­tura, não há profissionais, não há nenhuma valorização de políticas educacionais de Libras nas escolas”, disse.

O deputado defende que, nesta reformulação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/1996), de­safios como estes sejam supe­rados. “Nesta discussão sobre a educação, devemos relevar as necessidades e dificuldades lin­guísticas que muitos brasileiros possuem”, disse.

A MP, que começou a trami­tar pela Câmara dos eputados, para depois ser encaminhada ao Senado Federal, pode rece­ber emendas até hoje. As duas Casas têm 120 dias para aprovar a medida. Caso contrário, ela perde a validade.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.