quinta-feira, 13 de Junho de 2013 12:36h Luiz Felipe Enes

Divinópolis é contemplada com seis viaturas para o Corpo de Bombeiros

Divinópolis recebeu através de verbas estaduais, seis novas ambulâncias para atendimento e melhor trabalho do Corpo de Bombeiros da região central. Na solenidade que ocorreu na manhã de ontem, na Cidade Administrativa em Belo Horizonte, houve a distribui

Divinópolis recebeu através de verbas estaduais, seis novas ambulâncias para atendimento e melhor trabalho do Corpo de Bombeiros da região central.

Na solenidade que ocorreu na manhã de ontem, na Cidade Administrativa em Belo Horizonte, houve a distribuição de novas viaturas e equipamentos para melhor trabalho do Corpo de Bombeiros.

Para todo o estado, foram distribuídas um montante de 88 viaturas sendo estas, seis  para a cidade de Divinópolis.

O investimento total nas novas viaturas, chega a 36,5 milhões. Nas viaturas já equipadas, aumenta-se o valor em 13 milhões. A demanda de equipamentos e novas ferramentas de trabalho são imprescindíveis ao Corpo de Bombeiros. Divinópolis foi agraciada com seis viaturas por intermédio do Deputado Estadual Fabiano Tolentino, junto a forças com o governo estadual.

“Na verdade, como representante do povo, fico feliz em trazer para a cidade mais benefícios, ainda mais no que tange a corporação dos Bombeiros de Divinópolis, que terão mais seis viaturas exclusivas só para a cidade”. Ressaltou o Deputado.

Das 88 novas viaturas, 57 são unidades de resgate. Trata-se do veículo Fiat Ducato equipado com desfibrilador, maca, prancha rígida e aparelho de oxigênio. Cada viatura custa cerca de R$ 134 mil.

Também foram entregues sete auto-bomba salvamento, que são caminhões usados para combate a incêndios no meio urbano e florestal, pequenos salvamentos, acidentes, quedas e afogamentos. Com capacidade para 1,5 mil litros de água, cada veículo custa cerca de R$ 267 mil.

Os bombeiros receberam ainda 22 Auto Comando de Área. Caminhonetes Mitsubishi, para transporte de guarnições e que custam cerca de R$ 129 mil cada. A frota inclui ainda carretas equipadas para montar posto de comando em locais e situações extremas como. Conta com sala de reuniões, ambulatório médico, equipamentos de informática. O custo de cada gira entorno de R$ 278 mil.

A frota do Corpo de Bombeiros tem 1.065 viaturas (idade média de sete anos) a maior parte adquirida com recursos da Taxa de Incêndio, dois helicópteros e um avião Cessna.

MAIS EQUIPAMENTOS

Na mesma solenidade foram entregues milhares de equipamentos para o trabalho operacional. São materiais para atendimentos de urgência e emergência, combate a incêndios urbanos e florestais, mergulho e salvamento terrestre como desfibriladores, capacetes, bombas costais e equipamentos de mergulho e conjuntos de combate a incêndio, entre outros.

Na aquisição desses equipamentos foram investidos R$ 20,2 milhões, para 2.100 mil conjuntos de proteção individual. Para materiais de informática, tecnologia e comunicação são mais R$ 3,3 milhões.

Dos R$ 36,5 milhões destinados para o trabalho do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, R$ 27 milhões (75%) são da Taxa de Incêndio. O restante é fruto de parceria com a Infraero, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável ou recursos da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.