quarta-feira, 18 de Maio de 2011 10:19h Flaviane Oliveira

Divinópolis participa da Semana Nacional de Museus

Durante toda essa semana é celebrada a 9ª Semana Nacional de Museus. Até dia 22 de maio, quase mil museus e instituições culturais de 502 cidades de todos os estados do Brasil oferecerão programação especial ao público. Serão mais de três mil atividades como exposições, cursos, seminários, oficinas, visitas mediadas, shows, concertos, recitais, palestras e exibição de filmes, entre outras atrações. O evento é promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/Ministério da Cultura) em parceria com os museus brasileiros, para comemorar o Dia Internacional de Museus no dia 18 de maio.


Neste ano, a Semana de Museus tem recorde de participações, com 994 museus e instituições culturais integrando a programação. Dessas, 356 instituições participam da Semana pela primeira vez. Além dos museus, a programação inclui centros culturais, fundações, galerias, casas de cultura, cursos de museologia, pinacotecas, memoriais e outras instituições. O recorde anterior de participação havia ocorrido em 2009, com 2.019 eventos programados em 614 instituições. O tema da Semana, que é definido pelo Conselho Internacional de Museus em 2011 é Museu e Memória.

 

 

DIVINÓPOLIS


A cidade do divino está incluída na 9ª Semana Nacional de Museus. A Casa Museu de Geraldo Teles de Oliveira, GTO, faz parte da programação realizada pelo Ibram/Ministério da Cultura. Durante a participação, uma palestra será realizada na quinta-feira (19/05) às 19h30 na sala de Multimeios Adélia Prado na Biblioteca Municipal Ataliba Lago para contar sobre projeto de revitalização do museu.


O Museu GTO vem passando por uma revitalização. A palestra dará enfoque às modificações e todo o projeto que está sendo concretizado pelo Instituto Cultural GTO e prefeitura de Divinópolis por meio da coordenação de Celma Bosque e Josenira Monteiro, museóloga responsável pela implantação do plano museológico do projeto “Revitalização do Museu GTO”. As ações vêm no sentido de popularizar o espaço e descentralizar o acesso ao acervo do Museu/residência GTO.  A revitalização inclui a criação de um instrumento de pesquisa que facilite a consulta fornecendo informações sobre as técnicas utilizadas pelo artista. O projeto tem a intenção de fazer com que o Museu/residência GTO seja um ambiente de pesquisa adequado e informatizado. Geraldo Teles Oliveira tem 4 mil peças esculpidas em madeira espalhadas pelo Brasil e exterior.


O secretário de Cultura, Bernardo Rodrigues, destaca que além do Museu GTO, a cidade conta ainda com outros dois espaços culturais de grande importância “Nós temos o Museu Histórico de Divinópolis, o Museu da Memória Ferroviária que está em processo de criação. Então nós temos aí esses três museus que vão trabalhar em processo de parceria com a definição de papéis, por isso é que está sendo feito um plano museológico que envolve a cidade como um todo” destaca.


Oficialmente esse é o primeiro ano que a cidade participa da Semana Nacional de Museus com a apresentação do Museu GTO em parceria com o Instituto GTO realizada na sala da Biblioteca Pública. Bernardo ressalta ainda que  o museu não serve somente para guardar, ele não é só um guardião da história, um guardião da memória.

 

PANORAMA


O Brasil, que no início do século 20 contava com 12 museus, possui hoje mais de três mil instituições mapeadas pelo Cadastro Nacional de Museus, do Ibram. A Semana Nacional de Museus reflete esse crescimento e a diversidade cultural do povo brasileiro. Museus de pequenas comunidades ou de grandes metrópoles, de porte e acervos diversificados, fazem parte da Semana, traduzindo a pluralidade de culturas, histórias e povos que habitaram e habitam o Brasil. Pesquisas revelam que o Brasil é o país que mais se mobiliza para comemorar a ocasião. Desde 2003, já foram realizados mais de 9 mil eventos durante as Semanas de Museus no país. 

 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.