terça-feira, 7 de Abril de 2015 12:09h

Divinópolis terá Centro Hiperdia

A Prefeitura de Divinópolis, através da secretaria municipal Saúde (Semusa) irá instalar o centro especializado para o tratamento de Hipertensão e Diabetes o Hiperdia, na Avenida Getúlio Vargas, onde funcionou o antigo Pronto-Socorro

Pelo menos 32.000 pessoas que sofrem com hipertensão, diabetes ou até a mesmo as duas doenças juntas.

O Centro Hiperdia é um projeto de atenção especializada de referência para as unidades de saúde. “Quando o paciente vai até a unidade de saúde, ou recebe a vista dos agentes, é feito um mapeamento saúde dele, entre elas, se é portador de hipertensão o diabetes. Sendo diagnosticado algumas dessas  doenças a unidade de saúde classifica o usuário, com base em parâmetros do Ministério da Saúde, em baixo, moderado e alto risco. O alto risco será encaminhado para o Centro Hiperdia, que terá condições de reduzir as internações hospitalares para estas causas”, explica David Maia secretário municipal de saúde.

O Centro Hiperdia contará com o trabalho de uma equipe multidisciplinar, composta por oftalmologista, cardiologista, endocrinologista e nefrologista. No mesmo dia o paciente será atendido por vários profissionais. O que otimiza o tempo e torna mais eficaz o tratamento. Completarão o Hiperdia outros profissionais como nutricionista, psicólogo, enfermeiras, assistente social, fisioterapeuta e farmacêutico.
Inicialmente o centro de referência para o tratamento da hipertensão e diabetes está sendo pensado para atender apenas a população de Divinópolis, mas o município articula como a Superintendência Regional de Saúde o apoio do Estado ao Hiperdia. O que representaria a vinda de mais recursos que seriam utilizados para dar mais densidade a este projeto.

“Tenho uma reunião com o secretário estadual de saúde para levar essa proposta de Divinópolis e viabilizarmos o mais rápido possível este serviço”, pontuou Glaucia Sbampato, superintendente regional de saúde.

Com o aporte do Estado será possível oferecer o ecodoppler e o teste ergométrico. Com a presença do Governo de Minas neste projeto os serviços do Centro Hiperdia serão estendidos, também, para a população de Carmo do Cajuru, São Gonçalo e São Sebastião o Oeste.

Para receber o Centro Hiperdia o antigo Pronto-Socorro passará por adequações. “A intenção da Prefeitura de Divinópolis é começar a atender os pacientes em 60 dias. Serão necessários 30 dias para fazer as adequações ao prédio e mais 30 dias para a organização da equipe”, diz o secretário da saúde.

Com a ida do Hiperdia para o antigo prédio do Pronto-Socorro na região central de Divinópolis, os leitos do Hospital São João de Deus que existiam naquele local foram absorvidos pela unidade I deste hospital.

Assim que iniciar suas atividades, o Hiperdia atenderá a população de segunda a sexta-feira.
“Trata-se de um ganho significativo para a saúde de Divinópolis. Estaremos tirando as pessoas da estrada que hoje buscam este tratamento em outras localidades. Oferecendo a eles um serviço de qualidade com o trabalho de várias especialidades. Estamos fortalecendo a matriz de saúde do município”, conclui David

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.