quinta-feira, 11 de Agosto de 2016 15:03h Mariana Gonçalves

Divinópolis terá semana de atividades voltada para pessoas com deficiência

Terá início na semana que vem, dia 25, a VII Semana Municipal da Pessoa com Deficiência de Divinópolis, haverá uma série de ações, que se estenderão até o dia 2 de setembro.

POR MARIANA GONÇALVES

mariana.goncalves@gazetaoeste.com.br

 

A Prefeitura de Divinópolis, em parceria com o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, promove a 1ª Paralimpíadas, seminário, conscientização e caminhada.

A semana tem o apoio de várias entidades: Associação dos Deficientes do Oeste de Minas (Adefom), Centro de Convivência Salviano Avelar, Escola Estadual Helena Antipoff, Escola Municipal Raio de Sol, Pastoral dos Surdos, Superintendência de Ensino e Unifenas.

O primeiro evento está agendado para 25 de agosto, com seminário na Câmara Municipal com o promotor de Justiça Ubiratan Domingues e o tema “As novas Nuances do Estatuto das Pessoas com Deficiência”.

No dia 28 de agosto, na Praça do Santuário, a partir das 8h30, será realizada a abertura da 1ª Paralimpíadas de Divinópolis. Ainda na praça, serão realizadas apresentações culturais das instituições, exposições de artesanatos, prestação de serviços nas áreas de saúde, sociais, brincadeiras e música.

No o dia 29, a partir das 8h30, cada instituição promove sua atividade. Já em 30 de agosto, às 8h, será a conscientização em ação pela acessibilidade na Praça do Danilo Passos I.

Fechando o mês, será promovida a caminhada pela acessibilidade, com saída da Praça Catedral.

 

PARALIMPÍADAS

 

No dia 1º de setembro, está agendado o início dos jogos Paralímpicos no Ginásio Poliesportivo Fábio Botelho. Em 2 de setembro, às 8h30, serão realizadas as finais dos jogos e entrega de medalhas.

 

POR UMA INCLUSÃO COMPLETA

 

A Semana Municipal da Pessoa com Deficiência em Divinópolis vem com a proposta de, mais uma vez, chamar a atenção da sociedade para, principalmente, as questões de inclusão da pessoa com deficiência. A semana tem ainda por objetivo informar, sensibilizar e capacitar a população, focando durante todo o processo nas pessoas com deficiência, sua inclusão e a acessibilidade. Pois, assim, as pessoas podem conhecer mais sobre os desafios diários dos deficientes e a conscientização fica mais fácil.

Aqui falamos de inclusão em todos os setores da sociedade, em especial a educação, que ainda precisa de grandes avanços.

Cresce o acesso da pessoa com deficiência ao ensino superior no país, segundo aponta o Inep, de 2004 e 2014, as matrículas aumentaram 518,66%, entretanto, do total de ingressos nas instituições, elas representaram apenas 0,42%.

A Convenção das Nações Unidas (ONU) sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência define em seu artigo 1º: “Pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas”.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.