quarta-feira, 31 de Outubro de 2012 08:35h Carla Mariela

DIVIPREV realiza prestação de contas na Câmara Municipal

Na última segunda-feira, à tarde, o Instituto Previdenciário do Servidor Municipal (DIVIPREV), por meio do diretor, Márcio Chula, prestou contas em relação ao terceiro trimestre de 2012.. Estiveram presentes na Câmara Municipal, ojuntamente, com o vereador e presidente da Comissão de Fiscalização Orçamentária, Beto Machado (PSDB) e também o parlamentar Antônio Paduano (DEM), prestou contas em relação ao terceiro trimestre de 2012.
Segundo as informações divulgadas pelo Poder Legislativo, o diretor do DIVIPREV, Márcio Chula, ressaltou que essa Audiência Pública para apresentar a prestação de contas segue a Constituição Federal. Para Chula, a prestação ocorre de forma transparente mostrando para o servidor e o público presente no plenário legislativo, qual o desenvolvimento das contas públicas do DIVIPREV.
Os valores das receitas foram apresentados pela contadora, Aparecida Lúcia, na qual divulgou que o total das receitas do terceiro trimestre desse ano foi R$18.156.203,45. Em relação às despesas o total foi de R$6.181.527,13. Já o balanço orçamentário anual foi previsto no valor de R$56.405.000,00. De janeiro até o mês de setembro foram executados R$63.372.896,58, sendo que a DIVIPREV apresenta atualmente um superávit de R$6.967.896,58, isso quer dizer que a gestão financeira do Instituto, através do Márcio Chula e sua equipe apresentou um saldo positivo.
Em entrevista a Gazeta do Oeste, o vereador e presidente de fiscalização orçamentária, Beto Machado (PSDB), que participou atentamente da aAudiência, disse que realmente o saldo da prestação de contas foi positivo, demonstrando que a saúde financeira, está acima da normalidade. “A aAudiência teve um saldo positivo, pois a saúde financeira que foi apresentada está acima da normalidade, demonstrando boa gestão. Nesse último trimestre o rendimento aplicado foi em torno de R$17 milhões. A população pode ficar tranquila em relação à saúde financeira da instituição”, comentou.
Os fundos da Instituição Previdenciário aplicados no Banco Itaú, Brasil, Bradesco, Santender, renderam aproximadamente R$12.372.305,44. AEntretanto, a gerente financeira do DIVIPREV, Rejane Alves, declarou que o bom resultado desse terceiro trimestre de 2012 ocorreu devido à utilização dos recursos financeiros de forma inteligente.


No final da prestação de contas, o diretor Márcio Chula, confirmou que apesar dos bons resultados do DIVIPREV, no próximo ano, ele não vai mais fazer parte da direção do Instituto Previdenciário, dno qual faez parte há oito anos. Conforme Chula, exercer o cargo de diretor do DIVIPREV por tanto tempo, foi honrar e cuidar do patrimônio financeiros dos servidores públicos municipais, e mais que isso, ele disse que conseguiu tornar um Instituto Previdenciário como referência nacional, além de conseguir gerar um patrimônio atual de R$200.000.000,00.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.