sexta-feira, 6 de Dezembro de 2019 14:29h Atualizado em 6 de Dezembro de 2019 às 14:31h. Ilidio Luciano

Edson Souza convida prefeito de Divinópolis para uma visita ao camelódromo na segunda-feira.

Vereador diz que Prefeito quer ferir memória de homenageado com nome do local.

ILÍDIO LUCIANO

O vereador Edsom Souza, ao utilizar seu tempo na Tribuna da Câmara Municipal, na reunião da última quinta-feira (05/12) fez um convite no mínimo inusitado ao Prefeito de Divinópolis Galileu Teixeira Machado.

O parlamentar convidou o líder do executivo, para fazer uma visita ao Centro Popular de Compras, o camelódromo no quarteirão fechado da Rua São Paulo, na tarde da próxima segunda-feira (09/12).

“Tô convidando o prefeito de Divinópolis Galileu Teixeira Machado, pra segunda-feira que vem, às 15 horas, ele ir lá no camelódromo; porque a última vez que o Galileu esteve no camelódromo, foi em 2016 para pedir voto. Agora ele tem que ir lá de novo, para conversar com esses homens e mulheres, para achar uma alternativa”, convocou.

O vereador ainda fez questão de lembrar que, o quarteirão fechado da Rua São Paulo, na verdade é uma Praça, e que a abertura do espaço irá ferir também a lembrança do homenageado Geraldo Correia.

“Sabe como chama o local onde está o camelódromo vereadores? Chama-se Praça Geraldo Correia. A ex-vereadora Eliana Piola foi autora do projeto que denominou o quarteirão fechado da Rua São Paulo, como Praça Geraldo Correia. Agora vem o Galileu e quer acabar com a memória do Geraldo Correia; porque se abre rua, acaba-se a Praça”, criticou.

Edsom levou o Dereto Lei número 8.042 de 2008, que instituiu o camelódromo no centro da cidade.

“Esse pessoal está lá Galileu, por causa do Decreto 8.042, ninguém invadiu aquele espaço; em 2012 o Prefeito Demétrius fez um acordo, juntamente com os órgãos de segurança da cidade, para que os ambulantes saíssem das ruas e ficassem alojados ali”, argumentou.

Edsom cobrou maior rigor da Casa Legislativa, com relação ao que ele denominou de abuso de poder, por parte do executivo municipal.

“Essa casa tem que tomar vergonha na cara, ela está tomando vários tapas na cara e ninguém aqui faz absolutamente nada. Se não for tomada nenhuma atitude contra o senhor prefeito, este vereador vai às últimas consequências contra o Galileu Teixeira Machado, eu vou pedir o afastamento do prefeito”, ameaça.

O parlamentar reforça o convite ao prefeito e disse que não será necessário pedir apoio às forças de segurança da cidade para a visita.

“Tá feito o convite, Galileu, Segunda-feira, às 15 horas, no camelódromo; e não precisa levar a Polícia não, não precisa de polícia, de cachorro, nada disso; só eu e o senhor, para uma visita ao camelódromo. É para você olhar nos olhos da população, coisa que tem faltado em seu governo”, termina.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.