domingo, 2 de Outubro de 2016 20:22h Agência Brasil

Emanuel Pinheiro e Wilson Santos vão para o segundo turno em Cuiabá

Os candidatos Emanuel Pinheiro (PMDB) e Wilson Santos (PSDB) vão disputar o segundo turno das eleições no município de Cuiabá

Pinheiro teve 34,17% dos votos válidos e Santos, 28,40% dos votos válidos. Até agora, foram apurados 99,4% das urnas. O peemedebista Emanuel Pinheiro tem 51 anos e é advogado. Filho de Emanuel Pinheiro da Silva Primo, que foi deputado estadual e federal por Mato Grosso na década de 1960 e 1970, entrou na política jovem. Foi eleito vereador de Cuiabá pelo PFL (atual DEM) e aos 23 anos assumiu a vice-liderança do governo na Casa. Em 1992, foi reeleito vereador e dois anos depois, tornou-se deputado estadual. Candidatou-se à reeleição em 1998 e conseguiu a vaga na Assembleia Legislativa. Em 2000, tentou a prefeitura da cidade, mas não foi eleito. Atuou na fundação do PR em Mato Grosso, além de assumir Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos (SMTU), na gestão do então prefeito Wilson Santos (PSDB), em 2005. Ele voltou a um cargo eletivo em 2010, quando foi eleito deputado estadual. Em 2014, foi reeleito com mais de 34 mil votos. Wilson Pereira dos Santos, do PSDB, tem 55 anos e nasceu em Dracena (SP). Mudou-se para Cuiabá nos primeiros anos de vida. Lá, se formou em direito pela Universidade Federal de Mato Grosso. Trabalhou na Secretaria Municipal de Serviços Públicos de Cuiabá antes de enveredar-se na política. Foi vereador por Cuiabá em 1988 e em 1989 foi eleito para seu primeiro mandato de deputado estadual. Em 1994, foi reeleito. Já em 1998, foi eleito deputado federal. Tentou a prefeitura de Cuiabá no pleito de 2000, ficando em terceiro lugar. Em 2002, foi reeleito para uma vaga na Câmara dos Deputados. Tentou novamente a prefeitura em 2004 e foi eleito, sendo reeleito quatro anos depois. Em 2010, deixou a prefeitura para candidatar-se ao governo do estado, ficando na terceira colocação, com 16,55% dos votos.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.