sexta-feira, 26 de Junho de 2015 10:41h Atualizado em 26 de Junho de 2015 às 10:44h. Mariana Gonçalves

Empresa realiza projeto de conscientização para uso correto da energia elétrica

A partir das 14h, uma equipe da Companhia de Energética de Minas Gerais (Cemig) estará na Escola Municipal José Carlos Pereira para apresentação do Teatro de Luz denominado “Chapeuzinho Elétrico” – projeto que visa conscientizar a população por meio das crianças a economizarem energia elétrica. De forma lúdica, as crianças têm na prática ensinamentos de maneiras simples de economizar energia e ainda ajudar o planeta terra.

Entre os recados apresentados pela equipe da Cemig está: não demorar no banho, desligar o computador e retirar o carregador de celular da tomada quando não estiverem sendo usados e apagar o máximo de luzes possíveis na casa durante a noite, entre outras propostas de economia.

O espetáculo Chapeuzinho Elétrico apresenta uma versão moderna e divertida do tradicional conto “Chapeuzinho Vermelho” - o lobo agora é bom e orienta Chapeuzinho, Vovó e Caçador sobre a importância da energia elétrica em nossas vidas, além de divulgar diversas dicas do uso inteligente e seguro da eletricidade.

Na segunda-feira, o projeto segue para ser apresentado na Escola Municipal São Sebastião às 10h e, às 13h30, na Escola Municipal Profª Veneza Guimarães de Oliveira Maria Valinhas/Miguel Esteves.

 

VALE PARA TODOS

Economizar energia é uma questão de hábito. Há muitas atitudes que podemos adotar no nosso dia a dia que podem se tornar costumes sem muito esforço e que ainda ajudam a preservar o meio ambiente. Ao sair de casa, tire todos os aparelhos da tomada. Eles continuam consumindo energia se não são desplugados. Faça o mesmo em ambientes em que não há ninguém dentro, mesmo quando estiver em casa.

Se morar em prédio, chame apenas um elevador por vez. Só o arranque gasta dez vezes mais energia do que quando ele está se deslocando. Ao escolher lustres e luminárias, dê preferência aos de cúpula clara que não bloqueiam a eficiência das lâmpadas e gastam menos energia. Durante o dia, não deixe lâmpadas acesas e aproveite a luz natural do sol. Dê preferência a lâmpadas fluorescentes ou LED, que têm duração bem maior que a incandescente (a LED é mais ambientalmente correta). 

Outra iniciativa importante é evitar o consumo exagerado de energia elétrica no que se chama horários de pico. Entre 18h e 21h, o consumo de energia elétrica é muito mais alto do que nos outros horários. Isso porque estão funcionando ao mesmo tempo, além das fábricas, a iluminação pública, a iluminação residencial, vários eletrodomésticos e a maioria dos chuveiros. Evite ligar muitos aparelhos e lâmpadas nesse horário. Utilize-os por menos tempo e um de cada vez e, se possível, escolha outra hora para seu banho.

 

Crédito: Divulgação

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.