terça-feira, 21 de Maio de 2013 09:51h Daniel Michelini

Ermida oferece curso para Cuidadores de Idosos

A intenção é preparar as pessoas para um melhor acompanhamento aos idosos, acamados e portadores de necessidades especiais

Visando um melhor tratamento aos idosos da região, o Centro de Saúde de Santo Antônio dos Campos (Ermida) promove, desde ontem, um curso para cuidadores de idosos. O evento será realizado até a próxima segunda-feira (27), quando se completará seis dias de palestras. A unidade de saúde promove esse encontro uma vez por semestre, agraciando os interessados com palestras de nutricionistas, fisioterapeutas, dentre outros profissionais da área.

De acordo Valter Murilo Chaves, coordenador do curso na unidade de saúde em Ermida, a realização deste para cuidadores de idosos se tornou uma necessidade na região: “Percebemos nas visitas que fazemos que as pessoas necessitam cuidar dos idosos e a maioria dessas pessoas não possuem o conhecimento necessário para executar essa ação”.

De acordo com ele, os profissionais de saúde já observaram que algumas pessoas cuidam dos idosos de forma errada, administrando erroneamente a medicação e dando uma alimentação não apropriada para estes que ficam na cama, fazendo com que o necessitado se sinta mal, às vezes, ao comer algo mais pesado.

Desta forma, o próprio Ministério da Saúde pede para que algumas unidades de saúde façam essa capacitação aos familiares e o centro de Ermida estendeu esse curso à toda a população: “A profissão de Cuidador de Idosos, com o envelhecimento da população, se tornou uma necessidade muito grande.

Tem muita gente trabalhando nessa área”, afirmou Valter Murilo.
O coordenador confirma ainda que todas as áreas são abordadas no curso, tanto alimentação quanto a medicação adequada: “Falamos sobre os cuidados com sondas, ferimentos, movimentação do idoso, seja da cama para cadeira de rodas ou carro e vice versa. Se o idoso cair da cama ao fazer esse movimento, ele pode se machucar e agravar sua situação. Tudo isso é abordado dentro do curso. É necessário que falemos sobre isso, pois uma coisa depende da outra”.
Há também a preocupação dos cuidados para com o próprio profissional: “Existem cuidadores que não prestam atenção em si mesmo e acabam tendo problemas de coluna, por exemplo. Para isso, teremos palestras com fisioterapeuta, que irá explicar que é necessário ter cuidado não só com o paciente, mas também consigo”.

Ele destaca a importância de se estimular o lado psicológico do trabalhador, preparando-o para um melhor desempenho da função: “O cuidador deve ter paciência. Alguns falam que os idosos são chatos, que perturbam, mas não é isso. O idoso fica na cama o dia inteiro, alguns sem movimentar. É necessária uma paciência maior”. Valter afirma que a psicóloga conversa muito com os cuidadores sobre esse assunto, pois é preciso ter um fortalecimento psicológico para a pessoa enfrentar isso.

Para o coordenador, a receptividade do público vem sendo muito boa: “Já falaram conosco que os assuntos tocam nos pontos desejados por elas, fazendo com que elas aprendam ainda mais, tanto é que os próprios cuidadores foram os que pediram a palestra de nutricionistas”. O reconhecimento é registrado ao fim de cada curso: “No fim, sempre peço para darem uma nota e, geralmente, temos uma média de 9 em 10”, concluiu.
É esperado um público de 20 a 25 pessoas no curso. O Centro de Saúde fica na rua Antônio Olimpio de Oliveira, nº 100, e as palestras começam a partir das 19h.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.