terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011 00:00h

Escritores de teatro divinopolitanos são relembrados em circuito


André Bernardes

Neste mês os divinopolitanos poderão conhecer o projeto “Resgate da Memória de Grandes Autores Teatrais de Divinópolis”, realizado pelo grupo de teatro “Os Teatráveis.” O projeto tem como objetivo resgatar obras teatrais de autores de nossa cidade. O primeiro homenageado será Lindolfo Fagundes com sua obra “O seqüestro”.

As apresentações acontecerão em escolas públicas e irá finalizar no teatro municipal. A estreia aconteceu na manhã de ontem, (14) na E.E. Coronel José Mendes Mourão. De acordo com o produtor do grupo Ricardo Silva, a apresentação agradou a plateia. “As apresentações nas escolas são sempre boas. A receptividade foi muito boa.

Agora os professores irão trabalhar o que foi exposto” conta Ricardo.

A ideia do projeto veio do direto Hamilton Costa. “O Hamilton estava preocupado com este resgate da história do teatro em Divinópolis, e então nós fizemos uma pesquisa e descobrimos textos de autores divinopolitanos, o texto do Lindolfo Fagundes que é quem nós estamos homenageando este ano” conta Ricardo.

O espetáculo conta a história de um senhor muito rico e que tem dúvida quanto ao amor de sua família. Um dia descobre que tem Aids e simula seu próprio sequestro. Ele então se disfarça de empregada e se infiltra na família para saber o que pensam dele e ver quem é digno de receber a herança.

Programação

O espetáculo acontece até o final deste mês. As escolas que receberam a peça são:
15/02 – ás 10:00 – E.M. Padre João Bruno CAIC (Serra Verde);
16/02 – ás 10:15 – E. M. Professora Hermínia Corgosinho (Bela Vista);
17/02 – ás 10:00 – E. M. João Severino de Azevedo (Davanuze);
17/02 – ás 19:30 – Caixa Escolar Joaquim Nabuco (Centro);
18/02 – ás 10:00 – E.E. Otávio Olímpio de Oliveira (Tietê);
22/02 – ás 10:00 – Caixa Escolar Antônio Olímpio de Morais (Espírito Santo).

Nos dias 22,23 e 25 de fevereiro as apresentações serão ás 20:00 horas no Teatro Municipal Usina Gravatá, e o público poderá adquirir seu ingresso levando um caderno brochurão e trocá-lo na loja do Hipermercado ABC, a partir do dia 17 de fevereiro.

Homenageado

O 1º autor homenageado será o escritor e teatrólogo Lindolfo Fagundes com a peça “O Sequestro” escrita em 1989.

Nascido na cidade de Andrelândia, MG, veio para Divinópolis em 1954. Foi um dos primeiros colunistas do “Diário do Oeste”, criou e dirigiu o rádio-teatro da Rádio Cultura. Fez também teatro de palco, numa boa fase do Grupo de Teatro Gente Nossa.

Paralelamente a tantas atividades, veio a exercer o magistério como professor secundário, lecionando Matemática. Partindo do colunismo periódico e da revista de variedades, sua atividade foi muito produtiva na dramaturgia, rádio teatro e palco. Desocupou um antigo depósito para a construção do Theatron. Voltou a escrever visando à inauguração do seu teatro, daí passando á publicação do primeiro livro, que lhe abriu as portas da ADL (Academia Divinopolitana de Letras), entidade que teve a oportunidade de presidir, promovendo sua inserção definitiva no conceito da sociedade.

Sua obra, além de antologias “As quatro Estações” (1997, conto), “Anthocrônica” e “ADL 2000” (2000, conto) e anuários da ADL (Academia Divinopolitana de Letras), inclui: “A Barragem” (1996), “Chapéu Roxo” (1994), “Tabaréu” (1996), “Negócio na Europa” (1998), “A Folhinha do Chefe” (2000), “Dicionário de Rir” (2001), as peças “A Capela”, encenada em 1989; “O Seqüestro”, 1991; “Heranças”, 1995.

Os Teatráveis

O grupo de teatro os Teatráveis, que completa em 2011 quatro anos de história, é composto por seis integrantes. O grupo começou fazendo pequenas apresentações em empresas. Hoje eles contam com a Lei de Incentivo a Cultura. E trabalham profissionalmente com teatro.
Para 2011, o grupo pretende voltar com projeto “Toda terça”, onde a cada terça feira é representado um espetáculo diferente.
 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.