sexta-feira, 9 de Janeiro de 2015 09:19h Atualizado em 9 de Janeiro de 2015 às 09:20h. Pollyanna Martins

Esgoto escorre a céu aberto há mais de um mês e moradores exigem solução

Solicitações já foram feitas à Copasa e a Prefeitura para resolver o problema, mas nada foi feito ainda

O esgoto de um restaurante do Centro da cidade tem gerado um grande problema para os moradores da Avenida Contorno, em Divinópolis. A sujeira que sai do estabelecimento e está escorrendo a céu aberto há mais de um mês na avenida, trazendo mau cheiro para as residências.
Segundo uma moradora que preferiu não se identificar, o dono do restaurante, que fica na Avenida 1º de Junho, fez com que a rede de esgoto do estabelecimento atravessasse pelo terreno de uma das casas do quarteirão e caísse na rede pluvial da rua. Mas há mais de um mês a ligação está com problema.
A moradora relata ainda que acionou a Copasa e a Prefeitura de Divinópolis, mas o transtorno não foi resolvido. “O dono do restaurante pagou um bombeiro particular para resolver o problema. O bombeiro veio arrumou, mas durou só dois dias o conserto dele. O mau cheiro é insuportável. Quando o restaurante abre, fica pior”, reclama.
O esgoto escorre no meio fio e forma uma poça de água suja e com mau cheiro na rua onde funciona uma escola infantil. Cansados do problema, os moradores cobram uma solução rápida. “Todos os moradores já pediram à Copasa para vir aqui e arrumar. O dono da casa onde passa o encanamento do restaurante falou que não vai deixar ninguém entrar para arrumar, mas como que nós vamos conviver com isso?”, indaga.

 

 

RESPONSABILIDADES
Em nota a Copasa esclareceu que “por se tratar de um vazamento de esgoto em uma rede interna e não em rede de captação da Copasa, o técnico que visitou o local orientou aos moradores e ao proprietário do comércio sobre como proceder nestes casos, uma vez que o esgoto está sendo lançado na rede de água pluvial, trazendo transtornos para a comunidade. A Copasa esclarece ainda que os vazamentos de água e esgoto em redes internas são de responsabilidade dos proprietários dos imóveis”, finalizou.
A Prefeitura de Divinópolis informou através de sua assessoria de imprensa que uma equipe da Vigilância Sanitária visitará o restaurante para averiguar em quais condições o estabelecimento está funcionando. Será vistoriada também a rede de esgoto do local. A assessoria disse ainda que, caso seja constatadas irregularidades no restaurante, a Vigilância Sanitária acionará outros setores para que o problema de saneamento seja resolvido.

 

Crédito: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.