terça-feira, 11 de Outubro de 2016 13:30h UFSJ

Ex-reitor da UFSJ é o novo presidente do CNPq

O professor Mario Neto Borges, ex-reitor da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), foi nomeado na última terça-feira, 4 de outubro, o novo presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

O engenheiro eletricista Mario Neto Borges foi diretor-executivo da Fundação de Ensino Superior de São João del-Rei (Funrei) de 24 de setembro de 1998 a 19 de abril de 2002, e primeiro reitor da UFSJ, de 19 de abril de 2002 a 5 de agosto de 2004, quando da transformação da Funrei em Universidade Federal.

Mario Neto, que vai substituir o químico Hernan Chaimovich na presidência do CNPq, ocupou os cargos de diretor científico e de presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), além de ter comandado o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) entre 2009 e 2013.


Graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), é mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e doutor em Inteligência Artificial Aplicada à Educação pela Universidade de Huddersfield da Inglaterra. É professor aposentado da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).

Segundo o ministro Gilberto Kassab, o convite feito ao professor Mario Neto para assumir a presidência do CNPq, mostra a preocupação em fazer com que as entidades vinculadas ao Ministério tenham capilaridade e sinergia com as políticas públicas do Estado.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.