terça-feira, 8 de Setembro de 2015 11:50h

Exposição apresenta destalhes vida de Brigadeiro Cabral

A Prefeitura de Divinópolis abriu oficialmente, nesta segunda-feira (08/09) no Museu Histórico, a exposição sobre a vida do Brigadeiro Antônio Alves Cabral

Para o Prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, não é apenas o reconhecimento a um dos mais importantes divinopolitano da história, mas sim a um brasileiro ilustre.

Em discurso, Vladimir Azevedo relembrou que a exposição é aberta em momento de comemoração do sucesso da linha aérea comercial entre de Divinópolis a Campinas. “Brigadeiro Cabral era um visionário que, em meados do século passado, sabia da importância de um aeroporto para conectar Divinópolis com o mundo”, ressaltou.

Também participaram do evento filhos, netos e bisnetos de Brigadeiro Cabral, vindos do Rio de Janeiro e de São Paulo, onde residem. Alaíde e Arno Cabral, filhos do Brigadeiro, destacaram o amor do pai pela terra natal.

“Ficamos felizes em ver que a Divinópolis progressista vislumbrada por ele é hoje uma realidade. Estão todos de parabéns pela condução dessa cidade, o povo de Divinópolis, o Prefeito e todos que ajudam no desenvolvimento dessa terra maravilhosa”, comemorou a filha, responsável pela direta pela doação de todos os pertences do pai para o acervo da Prefeitura.

De acordo com o Secretário Municipal de Cultura, Bernardo Rodrigues, apenas parte do material doado pela família está em exposição no Museu Histórico. “Estamos preparando a implantação do memorial em homenagem ao Brigadeiro, que será instalado na antiga estação de passageiros do aeroporto, que leva o nome dele”, acrescentou o secretário. Enquanto isso, é possível ver parte desse acervo no Museu. Além de móveis, estão expostos documentos históricos, entre fotografias, certificados, bilhetes, anotações, correspondências com presidentes da república e ministros e objetos pessoais.

Para o coordenador do Museu, Welber Skaull, a exposição é uma oportunidade para que os divinopolitanos possam conhecer melhor a história de Brigadeiro Cabral. “Entre os objetos apresentados está um projeto de transposição do Rio São Francisco, algo que só voltou á pauta nacional décadas depois”, destacou.

Brigadeiro Cabral nasceu em 1905 e morreu em 1977. Ele era divinopolitano, militar de carreira, um dos primeiros diretores da Petrobrás, foi adido em três países e um dos fundadores do Ministério da Aeronáutica. Foi Brigadeiro Cabral que fez a análise de fluxo de água da Represa de Furnas e os cálculos de produção de energia gerada, patenteou um sistema de freio para carros que gera energia. O aeroporto municipal foi projetado e criado por Brigadeiro Cabral com inauguração em 1º de Junho de 1949.

A exposição ficará aberta para visitação até 7 de janeiro de 2016. O Museu Histórico de Divinópolis fica localizado na Praça da Catedral e fica aberto de 3ª a 6ª de 8 às 17h30 e aos domingos de 9 às 13h.
 

Créditos: Evandro Araujo

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.