sábado, 14 de Março de 2015 06:10h Atualizado em 14 de Março de 2015 às 06:12h. Mariana Gonçalves

Exposição marca a comemoração de aniversário da Escola Ilídio da Costa Pereira

Os 28 anos da Escola Estadual Ilídio da Costa Pereira, situada no bairro Alvorada, em Divinópolis, foram comemorados com uma linda exposição feita pelos alunos e professores

Os 28 anos da Escola Estadual Ilídio da Costa Pereira, situada no bairro Alvorada, em Divinópolis, foram comemorados com uma linda exposição feita pelos alunos e professores, sobre a trajetória da instituição do inicio até os dias de hoje, e como o município também se desenvolveu ao longo desse tempo. Nos cartazes, os escritos relembram alguns dos importantes momentos da escola, já as maquetes, trouxeram a representação de como foi a evolução física do local.
A diretora do Ilídio, Aélida de Lourdes Delfino Chagas, contou que todos os alunos estiveram envolvidos na homenagem feita para escola durante o dia de ontem. “Cada serie e ano, trabalhou com um momento da escola, então temos trabalhos que mostram desde o passado da escola quando o Ilídio começou, e também como ela está hoje”, pontua. 
A comemoração de aniversário contou com a apresentação de abertura do regente Davi Santos, do Coral E Orquestra Alvorada, além da exposição, os alunos apresentaram números artísticos. Participaram da festividade, professores da instituição e convidados como, o Superintendente Regional de Ensino, Sílvio Novais. “Tivemos aqui um ex-aluno nosso fazendo o lançamento do seu segundo Gibi, intitulado ‘A Turminha do Itapecerica’. Apresentação de números musicais, e de poesia” acrescenta Aélida.

PEQUENA CASA

Há 28 anos atrás, em um pequeno imóvel localizado no Alvorada, eram criadas as classes anexas à Escola Estadual Patronato Bom Pastor. No entanto, a cada ano que se passava, a demanda de alunos aumentava, e claro, o espaço da casa diminuía ainda mais. Devido à necessidade da comunidade, nesse imóvel passou a funcionar a Escola Estadual Ilídio da Costa, lá, a instituição permaneceu por três anos, até ganhar a sede própria, um espaço onde a possibilidade de expansão era maior. Em seu novo endereço, logo nos primeiros anos, passou a funcionar classes menores, somente com o ensino fundamental. Depois veio a abertura das classes do 6° ao 9°ano, e por fim, o ensino médio. “Hoje, até costumo dizer que fizemos outra escola, porque não é mais aquele imóvel pequeno. A cada ano ela cresce mais, porém, a nossa demanda é enorme, mesmo estando hoje em um espaço maior, não conseguimos atender a demanda toda”, pontua a diretora da instituição.
Uma pesquisa feita pelos próprios alunos revelou que a escola recebe estudantes não somente do bairro em que está localizada, mas de várias partes da cidade. Em um mapa de bairros de Divinópolis, foram demarcadas as regiões de onde os jovens se deslocam para chegar até o Ilídio, segundo estudo, a escola recebe alunos dos bairros; Quintino, Terra Azul, Maria Helena, Nações, dentre outras localidades.
Segundo Aélida, estão matriculados na instituição 1.250 alunos, divididos em dois turnos. A Escola conta com o trabalho de cem funcionários. “Estamos muito felizes. Os alunos trabalharam muito junto a seus professores, desde as crianças do fundamental até os adolescentes do ensino médio, cada um deles fez um pouco para que hoje pudéssemos ter essa linda festa”, encerra a diretora da instituição de ensino.

 

Crédito: Escola Ilídio

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.