quarta-feira, 30 de Setembro de 2015 10:06h Atualizado em 30 de Setembro de 2015 às 10:08h. Pollyanna Martins

Falta de sinalização em trecho da MG-050 causa acidentes

Quebra-molas foram instalados no trecho que está sendo duplicado e os motoristas devem redobrar a atenção

A Concessionária Nascentes das Gerais, que administra a MG-050, instalou quebra-molas entre os quilômetros 123 e 127, onde a rodovia está sendo duplicada, mas as obras estão causando diversos acidentes, devido à sinalização precária. Quem passa pela rodovia à noite deve ter a atenção redobrada, pois a sinalização precária não indica a existência dos quatro quebra-molas.
De acordo com a Nascentes das Gerais, cerca de doze mil veículos passam pela rodovia diariamente, e que os quebra-molas foram instalados para evitar acidentes no trecho, devido à demanda de caminhões que passam pelo local. As obras, que começaram em agosto deste ano, têm previsão para acabar apenas em 2017. Nossa reportagem esteve na rodovia e viu que a pintura estratigráfica dos quebra-molas é insuficiente. Há placas de sinalização indicando a velocidade permitida, e quebra-molas a 100m, mas quem passa pelo local durante a noite, afirma que a sinalização é ruim.
O montador, Ewerton Souza, passa pela parte que está sendo duplicada, várias vezes por semana. Ewerton conta que, na última quarta-feira, um amigo quase se acidentou no trecho por causa de um quebra-molas. “O problema está principalmente na parte dos quebra-molas, à noite a gente não consegue enxergar. A sinalização é péssima, é ruim, tem cones espalhados pela pista, inclusive, um amigo meu passou direto por um quebra-molas e quase se acidentou com um motoqueira, mas graças a Deus não aconteceu nada”, reclama.
Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR), vários acidentes já foram registrados no trecho. A PMR informou que a Concessionária e o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG), responsáveis pela rodovia, já foram notificados sobre a falha. Revoltado com a situação, Ewerton pede uma solução rápida para o problema. “Tem que ser tomadas providências, antes que aconteça algo mais sério. A sinalização é péssima, horrível”, ressalta.

 

NASCENTES DAS GERAIS
Em nota, a concessionária informou que “as obras na cidade de Divinópolis estão sinalizadas de acordo com determinações do Departamento de Estradas e Rodagem (DER-MG). Sendo assim, com cones, placas de velocidade máxima (40Km/h), placas indicativas de quebra-molas a 100m, quebra-molas pintados no solo. Porém, ciente da importância da obra para a cidade e seus moradores, a Nascentes das Gerais se compromete a reforçar a sinalização, visando conscientizar os usuários de seguirem as indicações para evitar acidentes”.

 

Créditos: Pollyanna Martins

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.