sexta-feira, 19 de Junho de 2015 13:37h

Fazendo Arte embarca com aluno e arte-educador para o México

O Fazendo Arte concluiu o processo de seleção do estudante e do professor indicados para viajar para o México com a equipe do projeto

Quatro representantes divinopolitanos representam o Brasil no país na América Central no Encontro Internacional “Experiências Comunitárias e Encontro Transculturais” em 11 de setembro desde ano em um seminário na Universidade Autonoma Metropolitana da Cidade do México.

 

A jovem Ana Sena foi a aluna selecionada para viajar com a equipe do projeto para o México. O arte-educador de violão Rubens Mimoso foi o selecionado entre os professores. Os dois escolhidos se juntam a coordenadora do projeto, Lenir de Castro, e a diretora Artística, Lene Pereira, que embarcam em setembro para o país da América Central.

 

No encontro haverá mesas com temas específicos sobre experiências comunitárias. A equipe do Fazendo Arte irá comandar a mesa temática a “Arte como Metodologia de Intervenção Comunitária”.

“Recebemos o convite para participar do congresso no México porque temos uma prática de sucesso e experiências para mostrar  neste encontro com participação de 11 países”, destacou Lenir Castro.

Na oitava viagem internacional representando o Brasil, o Fazendo Arte incluíra uma aluna do projeto. “É importantíssimo um representante dos alunos participar desse encontro. Vamos compartilhar essa experiência que estamos vivendo desde 2002. Para o jovem é gratificante porque será incluído no seu currículo como profissional, também é importante porque a aluna pode falar de sua experiência no projeto e contar como transformou sua vida e contribuir com os trabalhos no México”, afirmou.

Lenir de Castro contou como foi o processo de seleção para a jovem poder ir para o México.

“Tivemos que trabalhar nesta seleção com muita imparcialidade. Porque é uma responsabilidade grande  levar um aluno para um pais com cultura diferente, além do desconforto físico causado pela altitude entre outras dificuldades de uma  viagem internacional”, afirmou. 

 

Os países que participaram deste encontro são Brasil, Colômbia, França, Portugal, Panamá, Guatemala, Chile, Bolívia, Alemanha, Suíça, Espanha e  México.

Oficinas

O projeto incentiva a arte desde 2002 através das oficinas de artes plásticas, flauta, violão, canto, teatro, viola caipira, teatro musical, contação de histórias, danças (Balet / jazz/ folclóricas / hip-hop),percussão e canto popular. O projeto Fazendo Arte é patrocinado pela Gerdau por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. A gestão é da Associação Cultural, Educação, Social e Artística (Acesa), além de apoio da Prefeitura de Divinópolis, através das secretarias municipais de cultura e educação. O Centro Diocesano de Divinópolis e TV Integração também são apoiadores do Fazendo Arte.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.