terça-feira, 19 de Julho de 2016 12:55h

Festival Prato da Casa dribla a crise e lota bares de Divinópolis

A rota do sabor em Divinópolis está superando as expectativas dos participantes e vem fomentando a economia do setor de bares desde seu início no dia 07 de Julho

Todos os bares participantes da edição de 2016 destacaram um aumento nas vendas de mais 40% nos últimos 10 dias.

Segundo o proprietário do Peixe Dourado, um dos bares participantes que receberá a visita dos jurados nesta terça dia 19, o prato “Canastraquí” já é sucesso e está em primeiro lugar nas vendas em seu restaurante. “A procura é tão grande pelo prato participante que ainda não conseguimos preparar o estoque para o dia da visita. Por maior que seja a linha de produção que preparamos, somos surpreendidos com a venda de 100% dos pratos”. Destaca Danilo Gonçalves, proprietário da casa.

Segundo Rafael Batista, do Churrasquinho do Raimundo, mais de 300 pratos já foram vendidos somente nos primeiros 10 dias do festival, outra casa que ainda não recebeu a visita do jurados.

O primeiro bar a receber a comissão de jurados foi o Roberto da Sopa. Segundo o proprietário, encontrar a quantidade necessária de jiló, ingrediente principal da farofa caipira, está sendo a maior dificuldade. “ São centenas de pratos vendidos diariamente e eu utilizo o jiló caipira, não abro mão da qualidade dos meus produtos.” Destaca Roberto da Sopa.

 

 

 

PROGRAMAÇÃO

 

Esta semana o Prato da Casa visita os seguintes bares: Hoje, Peixe Dourado. Dia 20 quarta feira – Ohashi. Dia 21 quinta feira – Dia Útil. Dia 23 sábado – Fazendinha

“Todos os bares criaram seus pratos com produtos do Cerrado mineiro e esta idéia transformou os pratos em sabores encantadores. Esta é com certeza uma das causas do sucesso tão grande do festival de 2016. No dia 06 de Agosto, o Parque de Exposições de Divinópolis se transformará em um grande boteco do Cerrado. Estamos ansiosos pelo dia da Festa de Encerramento.” Comenta Gustavo Bicalho, organizador.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.