quarta-feira, 1 de Abril de 2015 11:03h Atualizado em 1 de Abril de 2015 às 11:04h. Mariana Gonçalves

Fique atento aos serviços que irão funcionar amanhã em Divinópolis

A Prefeitura de Divinópolis decretou ponto facultativo amanhã, devido a data anteceder o feriado nacional de Sexta-Feira da Paixão

Portanto, somente os serviços essenciais ligados à Prefeitura, como: Serviço de Urgência e Emergência do Sersam, Unidade de Pronto Atendimento Padre Roberto (UPA), coleta de lixo e os serviços do Programa de Saúde da Família (PSF), é que irão funcionar.
A rede estadual e municipal de ensino não terá aulas. Já as instituições bancárias e o comércio em geral funcionarão normalmente. Na sexta-feira, todos estes serviços entram em recesso, normalizando suas atividades no dia 6.


FERIADO SANTO

A Sexta-feira Santa, ou 'Sexta-feira da Paixão', é a Sexta-feira antes do Domingo de Páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos.
Segundo a tradição cristã, a ressurreição de Cristo aconteceu no domingo seguinte ao dia 14 de Nisã, no calendário hebraico. A mesma tradição refere ser esse o terceiro dia desde a morte. Assim, contando a partir do domingo, e sabendo que o costume judaico, tal como o romano, contava o primeiro e o último dia, chega-se à sexta-feira como dia da morte de Cristo.
A Sexta-feira Santa é um feriado móvel que serve de referência para outras datas. É calculado como sendo a primeira Sexta-feira de lua cheia após o equinócio de outono no hemisfério sul ou o equinócio de primavera no hemisfério norte, podendo ocorrer entre 22 de março e 25 de abril.
Na Igreja Católica, este dia pertence ao Tríduo pascal, o mais importante período do ano litúrgico. A Igreja celebra e contempla a paixão e morte de Cristo, pelo que é o único dia em que não se celebra, em absoluto, a Eucaristia.
Por ser um dia em que se contempla de modo especial Cristo crucificado, as regras litúrgicas prescrevem que neste dia e no seguinte (Sábado Santo) se venere o crucifixo com o gesto da genuflexão, ou seja, de joelhos.
No entanto, mesmo sem a celebração da missa, tem lugar, no rito romano, uma celebração litúrgica própria deste dia. Tal celebração tem alguma semelhança com a celebração da Eucaristia, na sua estrutura, mas difere essencialmente desta pelo fato de não ter Oração eucarística, a mais importante parte da missa católica.

 

Crédito: Mariana Gonçalves

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.