segunda-feira, 3 de Outubro de 2016 12:48h Mariana Gonçalves

“Fizemos uma campanha limpa”, disse o candidato do PSDB, Militão

Para o candidato do PSDB, Luís Militão, o fim das elei­ções trouxe a sensação de dever cumprido, conforme ele mesmo destacou, ao longo das últimas semanas, suas propostas de melhorias para Divinópolis foram amplamen­te discutidas, alcançando de maneira geral a população. “Fizemos uma campanha limpa, interagimos ao má­ximo com as pessoas, nas ruas, praças, residências, nas reuniões que participamos e percebemos que a população entendeu a nossa proposta”, disse o candidato.

Militão foi o primeiro can­didato (dos que pleitearam ao cargo na Prefeitura) a votar na manhã de ontem, no Colégio Integral, no bairro Sidil. Ele chegou acompanhado do vice,

Geraldo Barros, da esposa Antelma Maria da Costa Mili­tão, do filho Alan Militão e da nora Adriana. Em entrevista concedida à imprensa neste momento, ele salientou que todas as suas propostas foram elaboradas com base na rea­lidade da cidade. “Eram pro­postas exequíveis, que cabiam no orçamento, na realidade de Divinópolis”, afirmou.

O candidato destacou ain­da seu otimismo em relação à força dos votos da população. “Acreditamos na soberania das urnas, o povo é soberano, nossa expectativa foi positiva, porque fizemos uma campa­nha limpa”, completa.

PROCESSO DEMOCRÁTICO

Conforme Militão, ele en­trou para a política ainda no período de ditadura militar, daquela época para os dias atuais, são notórios os avan­ços, principalmente em rela­ção à voz que hoje o povo tem, diante disto, o candidato apro­veitou a oportunidade e falou sobre o papel dos divinopoli­tanos em todo esse processo eleitoral. “Essa conquista da escolha em todos os níveis, de vereador à presidência da República, é fundamental e o povo de Divinópolis escolheu o principal representante da cidade, ou seja, o seu princi­pal servidor, diríamos assim, e isso é de uma importância realmente muito grande”, frisou Luís.

Por fim, Militão afirmou que se sentia preparado para assumir os desafios apresen­tados pela cidade. “O prefeito é o primeiro a ser cobrado em um processo democrático, mas isso que é o grande desa­fio, para isso que tem que se preparar, e nós estamos pre­parados para vencer o grande desafio que Divinópolis nos propõe”, completa.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.