sexta-feira, 7 de Agosto de 2015 11:24h Atualizado em 7 de Agosto de 2015 às 11:27h.

FLID realiza contação de histórias na Vila de Nazaré

A manhã de ontem foi mais mágica para as crianças da Vila de Nazaré, em Divinópolis

A entidade, sem fins lucrativos, se transformou em palco para um sessão de Contação de Histórias, iniciativa realizada pela Festa Literária de Divinópolis, a FLID.
Daniel Bicalho, um dos organizadores da FLID, conta que quatro escolas receberão a Contação de Histórias esse ano, repetindo o sucesso de 2014. “Desde o princípio do projeto, nós buscamos levar o mundo da literatura para dentro das escolas mais carentes, que ficam mais distantes do centro da cidade e que não tem acesso facilitado à livros e bibliotecas”, detalha.
Além da apresentação, que conta com uma performance musical do próprio organizador, a FLID ainda doou livros para a Vila de Nazaré, assim como um livro para que cada criança pudesse levar pra casa.
“O contato com a literatura é algo transformador. Nós experimentamos isso já no primeiro ano da FLID e sei da importância da leitura na vida das crianças, porque há 25 anos trabalho com livros e o Juarez, outro organizador da FLID, também é escritor e professor nessa área há muito tempo. Essa experiência é muito importante tanto para as crianças, quanto para os professores, quanto para a própria comunidade”, finaliza Daniel.
Para a coordenadora da Vila de Nazaré, Amanda Gisele Gaipo, a iniciativa da FLID foi um ganho muito importante, já que durante todo o mês de julho foi realizado um resgate cultural, com contação de histórias, teatro de fantoches e outras atividades. “Quando veio a proposta, eu fiquei muito feliz, porque as crianças são muito carentes de formação, de leitura, até mesmo porque muitas vezes o pais não tem tempo pra isso”, disse, completando: “A partir de agora vamos criar o dia da leitura, com a doação dos livros pela FLID, incentivando o interesse pela leitura. É um trabalho muito importante e muito bonito. As crianças se sentiram muito especiais e se sentem envolvidas. É muito gratificante ver o resultado”.
A Vila de Nazaré, entidade civil, sem fins lucrativos, que desde 1984, vem prestando assistência a crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social. Hoje atua prestando um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos da criança com a comunidade. A entidade funciona com doações, tanto financeira quanto de mão de obra na realização de eventos. Atualmente, 64 crianças são atendidas pela Vila Nazaré, que tem capacidade para até 70. A faixa etária vai de 2 até 14 anos. Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho da entidade ou mesmo ajudar, basta acessar www.viladenazare.org.br.

 

Crédito: Douglas Fernandes

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.